Categorias
Memória

Pós-graduação em História Social realiza evento sobre regimes ditatoriais autoritários

O Programa de Pós-graduação em História Social (PPGHIS) da UFRJ realiza, entre os dias 9 e 11 de maio, simpósio internacional para discutir questões referentes à memória, trauma e reparação em países com contexto de violência política.

O Programa de Pós-graduação em História Social (PPGHIS) da UFRJ realiza, entre os dias 9 e 11 de maio, o “Simpósio Internacional História Contemporânea: Memória, Trauma e Reparação". O evento acontece no momento em que o país discute a instalação da Comissão de Verdade, medida já adotada em outros países, que visa à investigação e punição de crimes ocorridos durante a ditadura militar.

Neste contexto, o simpósio tem como objetivo não só reunir acadêmicos de diversos países, mas também integrantes dos movimentos de defesa dos Direitos Humanos para questões referentes à memória, trauma e reparação de contextos de violência política.

A programação do evento conta com conferências, mesas-redondas e apresentações de trabalhos de pós-graduados. Entre os convidados do evento estão Abraham Milgram (Museu do Holocausto, de Israel), Aldo Marchesi (Universidad de la Republica, Uruguai), Annette Wieviorka (CNRS, França), Antonio Costa Pinto (Universidade de Lisboa, Portugal), Carlos Fico (Ifcs−UFRJ), entre outros.

No evento, serão emitidos certificados aos participantes. As inscrições devem ser feitas presencialmente, no PPGHIS−UFRJ. Ao todo serão 300 vagas. Estudantes de graduação pagam R$ 30; estudantes de pós-graduação, R$ 50; professores da rede pública, R$ 45; outros interessados, R$ 60.

O evento acontece no Salão Nobre do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (Ifcs), localizado no campus da UFRJ no Largo de São Francisco. O endereço é Largo de São Francisco, 1, Centro. O programa pode ser encontrado no blog do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Judaicos.