Categorias
Memória

Sabores e saberes na prática

A terceira edição do “Encontro de Sabores e Saberes”, promovido pelo Instituto de Nutrição Josué de Castro (INJC), encerrou as atividades com visitas ao Horto da Prefeitura Universitária e à área preservada da ponta do Catalão, na Cidade Universitária.

Lara Araripe. Foto de Sidney Coutinho.A terceira edição do “Encontro de Sabores e Saberes”, promovido pelo Instituto de Nutrição Josué de Castro (INJC), encerrou as atividades com visitas ao Horto da Prefeitura Universitária e à área preservada da ponta do Catalão, na Cidade Universitária, onde as pessoas tiveram experiências práticas de plantio de mudas e da lida com a terra.

O evento reúne agricultores, nutricionistas e estudantes da universidade em torno de discussões sobre como melhorar a maneira como os brasileiros se alimentam, a partir dos saberes tradicionais e científicos, mas também dentro de perspectivas culturais, ambientais, sociais e da saúde.

A engenheira agrônoma da Prefeitura Angela Iaffe guiou a visitação ao horto e mostrou ao grupo como é realizada a cultura de mudas para os canteiros da Cidade Universitária, além de apresentar a horta comunitária. Para a agricultora Neusa Benevides Marcelino, proprietária de um sítio em Guapimirim, a experiência ajudou a reconhecer diversas espécies que ela lidava no dia a dia, mas não sabia denominar.
Surpresa causou a colmeia de abelhas Jatahy, espécie sem ferrão na
tiva do Brasil. Elas polinizam os vegetais do horto e produzem um excelente mel. “As abelhas são inofensivas e estavam na Escola Municipal Tenente Antonio João, próximo à Coppead, em uma palmeira que estava sendo derrubada. Eu mesma recolhia a colmeia e a trouxe para cá”, contou Angela.

Marcelle Martins. Foto de Sidney Coutinho.A relação harmoniosa com insetos, porém, se desfez para alguns na visita ao Catalão. Empolgada com a oportunidade de realizar o plantio de uma palmeira, a estudante de Nutrição Marcelle Martins percebeu tarde demais as formigas que morderam seus pés.  Mesmo assim, ela fez questão de empunhar a enxada e terminar o serviço iniciado. A nutricionista Lara Araripe do Restaurante Universitário também foi outra que arregaçou as mangas e resolveu colocar as mãos na terra. “Acho que foi uma experiência muito boa para todos nós”, resumiu a estudante Julia Granja.

O “3º Encontro de Sabores e Saberes”, em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação, aconteceu nos dias 19 e 20 de outubro. Este ano o tema do evento foi “Biodiversidade e alimentação”, e a maioria das atividades ocorreu no Restaurante Universitário Central, que fica ao lado do prédio da Escola de Educação Física e Desportos (EEFD-UFRJ).