Categorias
Memória

Casa da Ciência exibe Fahreint 451, de Truffaut

A filósofa Marcia Tiburi participa do Ciência em Foco, neste sábado(6), na Casa da Ciência da UFRJ, em Botafogo. Sua palestra "Entre a escrita e a imagem” seguirá o filme exibido nesta edição do cineclube, Fahrenheit 451, clássico de François Truffaut de 1966. Tiburi irá discutir subjetividade e o poder das palavras e das imagens.

A filósofa Marcia Tiburi participa do Ciência em Foco, neste sábado(6), na Casa da Ciência da UFRJ, em Botafogo. Sua palestra "Entre a escrita e a imagem” seguirá o filme exibido nesta edição do cineclube, Fahrenheit 451, clássico de François Truffaut de 1966. Doutora em Filosofia pela UFRGS, professora da pós-graduação da Universidade Mackenzie e autora de diversos livros, Tiburi irá discutir subjetividade e o poder das palavras e das imagens.

Inspirado no livro homônimo de Ray Bradbury e tido como um dos melhores filmes de ficção científica de todos os tempos, Fahrenheit 451 é ponto de partida para a discussão colocada pela filósofa, que também já participou do programa Saia Justa, exibido pelo canal GNT.

Fahrenheit 451 é considerado um dos melhores filmes de ficção científica de todos os tempos. A história se passa em uma sociedade totalitária, onde as crianças aprendem que os livros são perigosos e em vez de lidos devem ser queimados. Nesse cenário, uma jovem da resistência pergunta a um bombeiro responsável por atear fogo em livros se ele já havia lido um dos milhões que queimou. A partir de então, o bombeiro começa a ler e a questionar a sociedade ao seu redor. O título da obra é uma referência à temperatura em que os livros são queimados.

O cineclube Ciência em Foco exibe um filme seguido de debate no primeiro sábado de cada mês, com o objetivo de estimular a produção e circulação de novas ideias. A entrada é franca. A Casa da Ciência da UFRJ fica na Rua Lauro Müller, 3, Botafogo.