Categorias
Memória

Organização das finanças pessoais é tema de debate em seminário da Ouvidoria

Na última sexta-feira (28/11), foi realizado o “Seminário cidadania e organização das finanças pessoais: como prevenir e combater o superendividamento”, promovido pela Ouvidoria da UFRJ,

Na última sexta-feira (28/11), foi realizado o “Seminário cidadania e organização das finanças pessoais: como prevenir e combater o superendividamento”, promovido pela Ouvidoria da UFRJ, que contou, pela manhã, com a presença da ouvidora-geral da universidade, professora Cristina Ayoub Riche, do professor do Instituto de Economia, Nelson Chalfun, além de representantes do Banco Central do Brasil.

Na mesa de abertura, Cristina ressaltou a importância do evento, já que problemas financeiros são questões recorrentes na Ouvidoria. Ela também lembrou a vulnerabilidade do servidor público ao utilizar o crédito pessoal consignado.

Em sua palestra sobre organização das finanças pessoais, Nelson Chalfun destacou a importância da relação entre despesas e receitas. “É necessário estabelecer uma hierarquização das necessidades, para que futuramente seja possível gerar um resultado positivo na receita”, disse.

Ele ressaltou ainda que os conceitos para administração financeira pessoal ou da família não diferem daqueles aplicados em questões orçamentárias de empresas e governos. Para se ter um superávit, a receita deve ser maior do que os gastos, o que implica um aumento do patrimônio. Porém, quando a receita é menor que os gastos, há um déficit, com consequente diminuição do patrimônio ou dos gastos futuros.

O professor também apontou a necessidade de montar um planejamento, no qual seja possível organizar as informações sobre gastos necessários e avaliar se uma despesa ou um investimento vai gerar retorno e, assim, obter um maior controle sobre os gastos. Outra dica que Chalfun deu para otimizar o gerenciamento financeiro familiar foi separar os gastos pessoais de cada um dos gastos coletivos, sempre mantendo relatórios de acompanhamento atualizados.

O evento, ocorrido no 3º andar do prédio da Reitoria, teve ainda palestras dos representantes do Banco Central do Brasil.