Categorias
Memória

Campus enfim integrado ao BRT

Após quatro meses de inauguração, o corredor de transporte finalmente começa a beneficiar quem estuda e trabalha na Cidade Universitária. A partir de segunda-feira (6/10), os ônibus da universidade levarão passageiros até a plataforma da estação do BRT. O BRT Transcarioca ligará a Barra da Tijuca, na Zona Oeste, ao Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, com a abertura das últimas seis estações do corredor expresso de ônibus, com previsão de atender 192 mil passageiros por dia.

Com a abertura da Estação Aroldo Melodia neste sábado (4/10), a UFRJ inicia as adequações aos desafios de mobilidade que afetarão o dia a dia da comunidade universitária, uma vez que o consórcio responsável pelas obras deixou muita coisa a ser feita. Além dos já percebidos reflexos no trânsito, o sistema BRT Transcarioca atingirá também o transporte interno da instituição e a locomoção de quem procura o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) e o Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IPPMG).

Após quatro meses de inauguração, o corredor de transporte finalmente começa a beneficiar quem estuda e trabalha na Cidade Universitária. A partir de segunda-feira (6/10), os ônibus da universidade levarão passageiros até a plataforma da estação do BRT. “Sempre teremos dois ônibus disponíveis na plataforma para atender a demanda da UFRJ. Na Estação de Integração da universidade ficarão outros veículos estacionados para sempre termos condições de cobrir a região”, informou o prefeito da UFRJ, Ivan Carmo.

O BRT Transcarioca ligará a Barra da Tijuca, na Zona Oeste, ao Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, com a abertura das últimas seis estações do corredor expresso de ônibus, com previsão de atender 192 mil passageiros por dia. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, não haverá cortes de linhas convencionais nesta etapa de implantação do sistema.

A Prefeitura Universitária só tomou conhecimento da abertura do terminal na Cidade Universitária na última quarta-feira (1º/10). Segundo Ivan Carmo, como o ingresso de passageiro será feito pela parte da plataforma voltada para a Creche Universitária, uma faixa de travessia de pedestres será pintada para beneficiar as pessoas que seguirão a pé para o HUCFF e IPPMG. Para quem utilizar o transporte interno, o percurso será apenas um pouco mais longo. Os ônibus sairão da Estação Haroldo Melodia, seguirão pela Rua Luís Renato Caldas, Rua Maria Dolores e entrarão na Avenida Carlos Chagas Filho, logo depois do Quartel dos Bombeiros.

Para o prefeito da UFRJ, essa não é a solução ideal. “Esperamos um mês para que concluíssem a passarela sobre a Linha Vermelha e as pistas do BRT. Agora, teremos que aguardar as intervenções na Estação de Integração e nas ruas Bruno Lobo e Professor Paulo Rocco, que foram acertadas quando o sistema ainda era apenas um projeto. O que preocupa é não podermos manter indefinidamente um percurso tão longo com o transporte interno, pois nosso contrato é estipulado por quilometragem e não queremos comprometer a qualidade do serviço no futuro”, afirmou.

Segundo Ivan Carmo, mudanças no tempo de abertura dos semáforos, intervenções nas pistas para desafogar o trânsito e outras pendências também estavam para ser resolvidas. No entanto, a entrega do sistema na véspera da eleição surpreendeu a todos. “Ainda na segunda-feira (6/10), estaremos reunidos para concluir um cronograma de obras para que as coisas saiam do papel. Tanto eu quanto o reitor Levi estivemos nas secretarias de obras e transporte do município cobrando agilidade nas intervenções”, revelou ele.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO BRT TRANSCARIOCA

Galeão – Alvorada (semidireto) – Horário de funcionamento: 24h
Estações: Terminal Alvorada, Vicente de Carvalho, que integra com o metrô, Galeão – Tom Jobim 2 e Galeão – Tom Jobim 1.

Fundão – Alvorada (expresso): Horário de funcionamento: das 5h às 23h
Estações: Terminal Alvorada, Rio 2, Santa Efigênia, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira/Manaceia (integração com o trem), Mercadão, Vicente de Carvalho (integração com o metrô), Penha, Santa Luzia e Fundão.

Fundão – Alvorada (parador): Horário de funcionamento: das 23h às 5h
Estações: Terminal Alvorada, Lourenço Jorge, Aeroporto Jacarepaguá, Via Parque, Centro Metropolitano, Hospital Sarah, Rio2, Pedro Correia, Curicica, Praça do Bandolim, Arroio Pavuna, Vila Sapê, Recanto das Palmeiras, Divina Providência, Merck, André Rocha, Taquara, Aracy Cabral e Tanque, Ipase, Praça Seca, Capitão Menezes, Pinto Teles, Campinho, Madureira/Manaceia, Mercadão, Otaviano, Vila Queiroz, Vaz Lobo, Marambaia, Vicente de Carvalho (integração com o metrô), Vila Kosmos, Pedro Taques, Praça do Carmo, Guaporé, Pastor José Santos e Penha.

Madureira – Penha (parador) – Horário de funcionamento: 5h às 23h
Estações: Penha, Pastor José Santos, Guaporé, Praça do Carmo, Pedro Taques, Vila Kosmos, Vicente de Carvalho (integração com o metrô), Marambaia, Vaz Lobo, Vila Queiroz, Otaviano, Mercadão e Madureira/Manaceia.

Madureira – Alvorada (parador) – Horário de funcionamento: 5h às 23h
Estações: Terminal Alvorada, Lourenço Jorge, Aeroporto Jacarepaguá, Via Parque, Centro Metropolitano, Hospital Sarah, Rio2, Pedro Correia, Curicica, Praça do Bandolim, Arroio Pavuna, Vila Sapê, Recanto das Palmeiras, Divina Providência, Merck, André Rocha, Taquara, Aracy Cabral e Tanque, Ipase, Praça Seca, Capitão Menezes, Pinto Teles, Campinho e Terminal Paulo da Portela, em Madureira (integração com o trem).

Madureira – Alvorada (expresso) – Horário de funcionamento: das 5h às 23h, de segunda a sábado
Estações: Terminal Alvorada, Rio 2, Santa Efigênia, Taquara, Tanque, Praça Seca e Terminal Paulo da Portela, em Madureira (integração com o trem).

Galeão – Penha (parador) – Horário de funcionamento: das 5h às 23h
Estações: Penha (I e II), Ibiapina, Olaria (Cacique de Ramos), Cardoso de Moraes (Viúva Garcia), Santa Luzia, Maré, Fundão, Galeão – Tom Jobim 2 e Galeão – Tom Jobim 1.