Categorias
Memória

UFRJ sedia Encontro Nacional de Casas de Estudantes

O encontro, que reúne representantes das casas de estudantes do país, tem programação de eventos até sexta, 9 de agosto. A Superintendência Geral de Políticas Estudantis (SuperEst) da UFRJ participa de um debate nesta quarta (7/8), às 19h.

Teve início no domingo, 4/8, a 37ª edição do Encontro Nacional de Casas de Estudantes (Ence), na Cidade Universitária da UFRJ. O encontro, que reúne representantes das casas de estudantes do país e interessados nas questões de residência estudantil, terá programação de eventos até a próxima sexta, 9/8. Durante o período, os estudantes vão discutir políticas de assistência, promover debates e atividades culturais.
 
Nesta quarta-feira, o superintendente geral de Políticas Estudantis da UFRJ, Antônio José Barbosa de Oliveira, participa, às 19h, de uma mesa de debates no Centro de Tecnologia, para discutir assistência estudantil, acesso e permanência.
 
Participam, ainda, o coordenador nacional do Fórum Nacional de Pró-reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis (Fonaprace), Ronaldo Crispim, um representante da reitoria da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e um representante da Secretaria Nacional das Casas de Estudantes.
 
“A SuperEst (Superintendência Geral de Políticas Estudantis da UFRJ) está totalmente sensível e convergente com o movimento estudantil no tocante à ampliação quantitativa e qualitativa dos recursos e ações para a construção de uma política nacional de assistência estudantil”, antecipou Antônio José.
 
O evento, organizado integralmente pelo movimento estudantil, conta com apoio amplo da universidade. Os alunos estão abrigados na Escola de Educação Física e Desportos, e a Reitoria prestou suporte ao evento com material de consumo e auxílio para alimentação.
 
A Pró-reitoria de Extensão (PR-5) disponibilizou aos alunos material para produção de conteúdo audiovisual e a Prefeitura Universitária prestou auxílio logístico. A SuperEst disponibilizou funcionários para ajudar na organização.
 
Cerca de 600 alunos se inscreveram para o evento. As discussões têm como eixo central o tema “(Re)organização e emancipação política do MCE: pela garantia dos direitos historicamente conquistados”. O Movimento de Casas Estudantis (MCE) pretende, com o encontro, “promover a integração, articulação e mobilização entre os residentes, fomentando uma formação política na luta pela garantia de direitos”.