Categorias
Memória

UFRJ concede título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula

A Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) concedeu na última sexta-feira, 4 de maio, ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, o título de Doutor Honoris Causa por sua contribuição à história política, econômica e social do Brasil.

LulaA Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) concedeu na última sexta-feira, 4 de maio, ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, o título de Doutor Honoris Causa, por sua contribuição à história política, econômica e social do Brasil.

LulaO evento, que contou com a presença da presidenta da República, Dilma Rousseff, aconteceu pela manhã, no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro. Organizada conjuntamente por universidades públicas do Rio, a solenidade concedeu cinco títulos de Doutor Honoris Causa a Lula, através da UFRJ, da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Aprovado pelo Conselho Universitário da UFRJ, o título presta homenagem e reconhecimento à atuação de Lula, que colocou o combate à pobreza e à desigualdade como prioridade. Emocionado, ele lembrou que, antes de ocupar a Presidência, o único diploma que teve na vida foi o de torneiro mecânico, por um curso feito no Senai.

“O dia de hoje será inesquecível para mim, porque são alguns dos principais centros de excelência do país”, disse Lula. O ex-presidente dedicou o título ao povo brasileiro e elogiou a contribuição para o país de ex-alunos das universidades presentes.

O reitor da UFRJ, Carlos Levi, disse que “vida e obra do novo Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Rio de Janeiro se identificam de forma orgânica e abrangente com a essência da cultura universitária”. Segundo Levi, a trajetória difícil de Lula, que nasceu numa região pobre do sertão nordestino e alcançou a Presidência da República, é como a “utopia permanente” que caracteriza o pensar na universidade: “Lula da Silva descredenciou completamente o que era considerada uma absoluta utopia”, afirmou Levi.

Também participaram da homenagem o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e seu vice, Luiz Fernando Pezão, os ministros Aloizio Mercadante (Educação), Marco Antonio Raupp (Ciência e Tecnologia), o prefeito da cidade, Eduardo Paes, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Paulo Melo, e o presidente da União Nacional dos Estudantes, Daniel Iliescu, além de diversas autoridades.

Conselho Universitário aprovou concessão em abril

A proposta de concessão de título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva foi apresentada no dia 17 de abril pelo professor Luiz Pinguelli Rosa, diretor da Coppe-UFRJ, ao Conselho do Centro de Tecnologia da universidade. No dia 26 de abril, a proposta foi aprovada pelo Consuni, órgão máximo da UFRJ.

Albert Sabin e Charles de Gaulle: doutores pela UFRJ

O título de Doutor Honoris Causa é atribuído a uma personalidade de reconhecido saber ou pela atuação em benefício das artes, das ciências, da filosofia, das letras ou da melhor convivência entre os povos.

Em sua história, a UFRJ já concedeu o título a personalidades como Antonio Houaiss, Augusto Boal, Bidu Sayão, Marechal Rondon, Candido Portinari, Carlos Drummond de Andrade, Charles de Gaulle, Ferreira Gullar, Gabriel García Marquez, Gilberto Freyre, Gustavo Capanema, Albert Sabin, Heitor Villa-Lobos, Dom Helder Câmara, Alexander Fleming, João Cabral de Melo Neto, Mario Quintana, Oscar Niemeyer e Paulo Freire, entre outros.