Categorias
Memória

Ponte do Saber altera trânsito na Cidade Universitária

Para evitar engarrafamentos pela manhã, a Prefeitura da UFRJ efetuará interdições em cruzamentos, a fim de prolongar o caminho dos veículos e desestimular os motoristas quanto ao uso da Cidade Universitária como rota alternativa.

Com a inauguração da Ponte do Saber, as vias da Cidade Universitária estão recebendo um fluxo mais intenso de veículos vindos da Ilha do Governador e do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (AIRJ) todas as manhãs, principalmente no horário do rush. De acordo com a Prefeitura Universitária, por enquanto, o aumento de volume pode ser absorvido pela capacidade das vias sem maiores transtornos. Mas o excesso de velocidade e a concentração de linhas de vans e táxis já preocupam.

Segundo o prefeito da UFRJ, Ivan Carmo, as primeiras medidas já foram tomadas para evitar engarrafamentos pela manhã, como interdições em cruzamentos, a fim de prolongar o caminho dos veículos e desestimular os motoristas quanto ao uso da Cidade Universitária como rota alternativa. "O que está nos tirando o sono, todavia, são os veículos passando pela Avenida Horácio Macedo em uma velocidade bem acima da normal. Outro dia, verificamos que um táxi corria a mais de 130 km/hora. Estamos tomando providências para evitar a alteração do horário de tráfego na conexão com a Linha Vermelha”, disse.

Para o prefeito, retardar o horário de abertura da Ponte do Saber seria a última alternativa, mas não está descartada. “Sabemos que os resultados positivos da abertura do tráfego na nova ponte estaiada demonstram que o plano de mobilidade para a Cidade Universitária melhorou muito a qualidade de vida das pessoas que efetivamente frequentam nosso campus, mas temos de avaliar o risco para a integridade dos estudantes e profissionais que caminham pela Cidade Universitária”, afirmou Ivan Carmo.

Hoje, a Ponte do Saber permanece fechada entre 23h e 5h30. A Prefeitura Universitária vai avaliar até o fim da primeira quinzena de abril se as iniciativas tomadas para educar os motoristas surtiram efeito; caso contrário, pretende estender o horário de fechamento da conexão com a Linha Vermelha até às 9 horas.