Categorias
Memória

HUCFF recruta pacientes para estudo clínico de distúrbios na tireoide

O Serviço de Endocrinologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF-UFRJ) está recrutando homens e mulheres para participar de pesquisa que busca estabelecer parâmetros de normalidade de TSH em idosos. O TSH é um hormônio que regula a produção dos hormônios tireoidianos (T3 e T4).

O Serviço de Endocrinologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF-UFRJ) está recrutando homens e mulheres para participar de pesquisa que busca estabelecer parâmetros de normalidade de TSH em idosos. O TSH é um hormônio que regula a produção dos hormônios tireoidianos (T3 e T4). Quando a produção desses hormônios está alta, o nível de TSH diminui, e quando está baixa, o nível de TSH aumenta para estimular a produção dos hormônios tireoidianos. Um nível sanguíneo baixo do TSH é o melhor indicador de hipertireoidismo. Se o nível de TSH é muito baixo, é importante também checar os níveis de hormônio tireoidiano para confirmar o diagnóstico de hipertireoidismo.

Os candidatos devem ter mais de 65 anos e ser saudáveis do ponto de vista cardiovascular.

Serão excluídos os seguintes casos:
1) Doença hipotálamo-hipofisária;
2) Diabetes, insuficiência cardíaca, renal crônico, história de AVC, DPOC, asma, neoplasias malignas e/ou cirrose;
3) Doenças da aorta, doenças vasculares periféricas, doença arterial coronariana (incluindo angina, Hx de internações prévias por IAM ou angina, ou Hx de CAT/ PTCA);
4) Uso de corticosteroide, amiodarona ou dopamina, bem como qualquer droga que interfira com os níveis de HTs e/ou  função tireoidiana;
5) Pacientes em uso de drogas que interfiram com mecanismo de adaptação autonômica, tais como: beta-bloqueadores, prolopa e bloqueadores de canais de cálcio. Pacientes hipertensos sem uso de tais drogas poderão ser incluídos;
6) Pacientes acamados, cadeirantes ou com limitações físicas (articular e muscular) que impeçam o ortostatismo por pelo menos 20 minutos e a realização do teste cardiopulmonar de esforço;
7) Obesidade grau ≥ II ( IMC ≥35 kg/m2).
Obs: O paciente não pode estar usando levotiroxina.

O paciente do estudo, obrigatoriamente, fará abertura de prontuário no HUCFF (se ainda não tiver), será submetido à avaliação de função tireoidiana e cardiovascular, incluindo eletrocardiograma (ECG), ecocardiograma transtorácico (ECOTT), Holter 24h, mapa, tilt-teste e ergoespirometria.

Os inscritos participarão do estudo clínico "Avaliação cardiopulmonar em idosos com diferentes níveis de TSH", do projeto do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Para se inscrever, basta ligar para (21) 8807-9012 ou 2620-3063.