Categorias
Memória

MP denuncia acusado de sequestro-relâmpago na Cidade Universitária

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou à Justiça Antônio Jacinto da Silva Neto, acusado cometer um sequestro-relâmpago, na Cidade Universitária, no dia 28 de dezembro de 2009.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou à Justiça Antônio Jacinto da Silva Neto, acusado cometer um sequestro-relâmpago, na Cidade Universitária, no dia 28 de dezembro de 2009, na portaria três do Centro de Pesquisas Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), da Petrobras. O promotor de Justiça Sauvei Lai pede a prisão preventiva do acusado, que possui diversas outras anotações criminais e é suspeito de integrar quadrilha armada.

Silva Neto foi denunciado pelos crimes de roubo triplamente qualificado com emprego de arma de fogo, concurso de pessoas, restrição de liberdade e extorsão. A pena mínima para roubo é de quatro anos e a máxima de dez anos. Com os agravantes, Neto pode ser condenado a até 15 anos de reclusão.