Categorias
Memória

Museu Nacional realiza seminário sobre a produção cultural indígena

O Museu Nacional da UFRJ promove, na próxima segunda-feira (25/04), o seminário “Museus e Protagonismo Indígena”, com o objetivo de discutir ações que valorizem a produção cultural indígena e assegurem novos espaços de visibilidade para a mesma, além de ampliar as conquistas alcançadas nesta área.

O Museu Nacional da UFRJ promove, na próxima segunda-feira (25/04), o seminário “Museus e Protagonismo Indígena”, com o objetivo de discutir ações que valorizem a produção cultural indígena e assegurem novos espaços de visibilidade para a mesma, além de ampliar as conquistas alcançadas nesta área. O seminário acontece das 14h às 18h, na sala Lygia Sigaud, localizada no térreo do Museu Nacional (MN) da UFRJ, e não requer inscrição prévia. O local tem capacidade para aproximadamente 40 lugares.

O evento contará com a presença de Mário Chagas, do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), Nino Fernandes, do Conselho Geral da Tribo Ticuna (CGTT/Museu Magüta), Márcia Montenegro, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), e José Costódio, presidente da Organização Geral dos Professores Ticunas Bilíngues. Serão apresentados os projetos “Valorização do Museu Magüta” e “Projeto de Licenciatura Indígena no Alto Solimões”, ambos sobre os índios Ticunas. O seminário também exibirá o documentário “Os primeiros brasileiros”, fruto de uma parceria entre o Museu Nacional /UFRJ e a Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ-PE). 

O Museu Nacional localiza-se na Quinta da Boa Vista, s/nº, São Cristóvão. A entrada é franca.