Categorias
Memória

IPPMG e HUCFF unidos para ajudar Região Serrana

O Hospital Universitário Clementino Fraga Filho e o Instituto de Puericultura Martagão Gesteira se unem na "II Jornada de Solidariedade", no dia 25 de janeiro.

Jornada de SolidariedadeO Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IPPMG) recebeu um reforço de peso para ajudar as vítimas do desastre natural na Região Serrana do Rio de Janeiro. Além de doações de mais de 18 mil doses de medicamentos para tratamento de doenças pós-enchentes, o diretor da unidade, Edimilson Migowski, acertou com o diretor do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), José Marcus Raso Eulálio, a integração de profissionais do hospital à equipe de voluntários na "II Jornada de Solidariedade".

Na última terça-feira (18/1), mais de 40 profissionais do IPPMG estiveram em Nova Friburgo, onde realizaram atendimentos a crianças, adultos e idosos no Ciep do Bairro de Olaria e levaram mais de três mil doses de remédios, com ênfase nos antibióticos e antiparasitários de amplo espectro.

A saída da "II Jornada de Solidariedade" está definida para esta semana ainda, quando a nova carga de remédios será entregue pelos profissionais do IPPMG e do HUCFF em local que deve ser definido entre o vice-diretor do IPPMG, enfermeiro Bruno Leite, e a Secretaria de Saúde de Friburgo.

Exames realizados 12 dias após a inundação mostraram que as águas do Rio Bengalas, que corta Nova Friburgo, estão 85 vezes acima do limite de coliformes fecais, que é de 800 unidades por 100 mililitros. Na lama, a quantidade é 115 vezes maior do que o tolerado. Segundo o infectologista Migowiski, as pessoas devem ser orientadas a proteger as mãos e os pés evitando o contato com a lama contaminada ao fazer a limpeza na volta para casa, pois quanto maior o tempo de exposição e de superfície corporal em contato com a lama maior a possibilidade de contrair doenças.


Organização em tempo recorde

O movimento, que começou no IPPMG, com uma campanha de arrecadação de donativos e remédios para os desabrigados da Região Serrana do Rio de Janeiro, que vive a maior catástrofe natural de sua história, com mais de 750 mortos e centenas de desabrigados, foi organizado em tempo recorde. Menos de quatro dias foi o tempo suficiente para que a equipe do IPPMG juntasse centenas de doações, que encheram o caminhão e o bagageiro do ônibus cedido pela Universidade, na terça-feira, dia 18 de janeiro. A ação do IPPMG recebeu o apoio do Instituto de Biologia, do Centro de Ciências da Saúde, Prefeitura da UFRJ, Escola de Enfermagem Anna Nery e a solidariedade de dezenas de profissionais e estudantes.

II Jornada de Solidariedade à Região Serrana IPPMG/HUCFF/UFRJ

Logo após o retorno da "I Jornada", o professor Edimilson Migowski recebeu ligação do diretor do HUCFF, José Marcus Raso Eulálio. Ele deu os parabéns a Edimilson pela iniciativa e propôs juntar o HU à "II Jornada de Solidariedade", que está marcada para quinta-feira próxima, dia 27 de janeiro, com partida marcada para as 9h, em frente ao IPPMG.