Categorias
Memória

Estudantes da UFRJ sobem ao pódio na VII Fórmula SAE Brasil

A sétima edição da Fórmula SAE Brasil-Petrobras, corrida que simula a Fórmula 1 com carros construídos por equipes de estudantes de Engenharia, ocorrida entre os dias 19 e 21 de novembro, teve como terceiro colocada a equipe Ícarus, formada por estudantes de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica (Poli-UFRJ).

 Com informações de Ricardo Porto (Escola Politécnica)

 A sétima edição da Fórmula SAE Brasil-Petrobras, corrida que simula a Fórmula 1, com carros construídos por equipes de estudantes de Engenharia, ocorrida entre os dias 19 e 21 de novembro, teve como terceiro colocado a equipe Ícarus, formada por estudantes de Engenharia Mecânica da Escola Politécnica (Poli-UFRJ). As equipes participantes trabalham ao longo do ano, com orientação e consultoria de professores das universidades para desenvolver protótipos que participam de desafios nos três dias de competição e são avaliados por profissionais da indústria automobilística em quesitos como design, custos, segurança, aceleração e manobrabilidade.

O protótipo desenvolvido pelos estudantes da Poli-UFRJ para essa edição possui estrutura em aço 1020 e fibra de vidro na carenagem, além de motor com 500 cilindradas por metro cúbico. Contudo, para a próxima edição, um novo veículo já está sendo desenvolvido. O evento, ocorrido em Americana (SP), contou com a presença de cerca de 200 estudantes do Sul, Sudeste e Nordeste do país, sendo duas equipes do Rio de Janeiro, a Ícarus, representando a UFRJ e a Buffalo SAE, da Universidade Federal Fluminense (UFF). Porém, somente a Ícarus conseguiu subir ao pódio, ao lado das equipes paulistas Fórmula FEI e Fórmula Unip, conquistando 645,1 dos mil pontos totais, marca nunca alcançada pela equipe desde a primeira participação, em 2004.

 


A equipe campeã