Categorias
Memória

Plano de desativação do HUCFF

A Direção do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) atualizou, nesta segunda-feira, 25/10, o plano de desativação do hospital, indispensável aos preparativos para a implosão da ala sul do edifício.

A Direção do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) atualizou, nesta segunda-feira, 25/10, o plano de desativação do hospital, indispensável aos preparativos para a implosão da ala sul do edifício.

A partir desta data, estão suspensas as internações clínicas eletivas e as transferências de pacientes de outras Unidades de Saúde. Também serão priorizadas as internações cirúrgicas eletivas de baixa complexidade e estão suspensas as consultas ambulatoriais de “primeira vez”, nas atividades de assistência e pesquisa médica.

No dia 1º de novembro, terá início a redução progressiva do quantitativo total e parcial (nas unidades de terapia intensiva e enfermarias das especialidades) de pacientes internados, com fechamento dos leitos ativos na medida em que sejam efetuadas altas hospitalares. O Serviço de Intercorrências Clínicas e Cirurgicas  (Serviço de Urgências) será totalmente fechado, após ampla divulgação interna e externa.

Serão suspensas as internações cirúrgicas eletivas referentes a procedimentos complexos: que exijam vaga em unidade fechada, pacientes de alto risco ou com probabilidade de longa permanência. Da mesma forma, serão suspensas as internações nas unidades fechadas (UTIs) para pacientes em pós-operatório. Tais unidades manterão, apenas, o atendimento aos pacientes já internados no HUCFF. A Unidade de Hemodiálise será mantida em funcionamento, no 7º andar, até a transferência de todos os pacientes em regime de diálise crônica.

As atividades de coleta do Serviço de Hemoterapia serão desativadas, progressivamente, a partir do dia 12/11, quando também será interrompido o atendimento ao paciente externo, no que diz respeito à realização de métodos diagnósticos e terapêuticos especiais, tais como: exames de imagem; de anatomia patológica; de medicina nuclear e endoscópios.

Em dezembro, será interrompido o fornecimento de energia elétrica para o subsolo, primeiro e segundo andares do hospital, em virtude de obras na rede elétrica de abastecimento predial. Será fechada ainda a Unidade de Atendimento ao paciente externo e serão desativados o Serviço de Hemoterapia e a Unidade de Internação. A Direção realizará as ações previstas para a segurança e preservação do parque tecnológico do HUCFF e será implementado o Plano de Segurança Predial

Ainda em dezembro, serão atendidos grupos especiais de pacientes, crônicos e complexos, em horários pré-definidos e divulgados aos pacientes selecionados, em ambulatórios do Instituto de Neurologia Deolindo Couto da UFRJ. A implosão da ala sul do HUCFF será realizada às 7h, no dia 19/12.