Categorias
Memória

Escola de Música é premiada

Docentes da Escola de Música (EM) da UFRJ vencem o Prêmio Carlos Gomes de Ópera & Música Erudita de 2010.

 

Mais uma vez, o trabalho de excelência realizado pela Escola de Música (EM) da UFRJ teve reconhecimento. Dois docentes e um professor aposentado da unidade ganharam o Prêmio Carlos Gomes de Ópera & Música Erudita de 2010. André Heller-Lopes, Turíbio Santos e Roberto Duarte foram os contemplados.

André Heller-Lopes recebeu o prêmio de melhor direção cênica  por Der Rosenkavalier, de Richard Strauss; Turíbio Santos obteve o prêmio de solista instrumental pelo trabalho de recuperação da obra de Villa-Lobos durante o Festival Villa-Lobos realizado no Rio de Janeiro em 2009; e o maestro Roberto Duarte, que foi titular da Orquestra Sinfônica da UFRJ e professor da EM até 1994, quando se aposentou, acabou escolhido como o melhor regente de ópera pela montagem de A menina das nuvens, de Villa-Lobos, produção do Palácio das Artes em Belo Horizonte. Cada vencedor recebeu um diploma, um troféu e R$ 3 mil em dinheiro.

Considerado o mais importante do país no que concerne à música de concerto, o Prêmio Carlos Gomes de Ópera & Música Erudita de 2010 premiou ainda nas categorias espetáculo de ópera, cenário, figurino, iluminação, regente sinfônico, orquestra sinfônica, cantor solista e cantora solista.