Categorias
Memória

Nova direção toma posse na Escola de Enfermagem

A diretora Neide Aparecida Titonelli prosseguirá com projeto de interiorização da UFRJ e investimento em pesquisa.

 

 A Escola de Enfermagem Anna Nery (EEAN) realizou no dia 16 de março a cerimônia de posse das representantes de sua nova direção, as professoras Neide Aparecida Titonelli Alvim, como diretora, e Silvia Tereza Carvalho de Araújo, como vice-diretora. A solenidade contou com a participação de Maria Fernanda Santos Quintela da Costa Nunes, decana do CCS, com o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento, professor Carlos Antônio Levi da Conceição, que representou o Reitor Aloisio Teixeira, e o Prefeito da Cidade Universitária Hélio de Mattos. Também estiveram presentes a diretora e a vice-diretora da gestão anterior, Maria Antonieta Rubio Tyrrell e Regina Célia Gollner Zeitoune.

Logo após a execução do Hino Nacional, foi acesa pela nova diretora a lâmpada a óleo, ritual realizado entre profissionais da enfermagem. Assim iniciou-se a cerimônia de posse. A diretora dos quadriênios 2002-2006 e 2006-2010, professora Maria Antonieta, fez um discurso que lembrou a importância da EEAN dentro da história da enfermagem no Brasil. Dentro dos 86 anos da EEAN, que foi a primeira escola de enfermagem do Brasil, a maior luta foi a profissionalização e a afirmação desta área da saúde. Este movimento culminou em convênios da Escola de Enfermagem Anna Nery com instituições nacionais e internacionais, em especial na América Latina.

A decana Maria Fernanda também ressaltou a importância que a EEAN possui dentro e fora do Brasil, destacando o trabalho da gestão de Maria Antonieta. Colocou o CCS à disposição das necessidades da Escola de Enfermagem e desejou uma excelente gestão, que continuasse na linha de projeção da EEAN e da área de saúde e educação da UFRJ. Por sua vez, a vice-diretora Silvia Tereza fez breve discurso de agradecimento ao corpo social da EEAN, à sua família e à professora Neide Aparecida, sua parceira na chapa “União e Força”, que ganhou a eleição.

Em seu discurso, a nova diretora, emocionada, também recordou a história da EEAN, se dizendo orgulhosa de representar “uma instituição de tamanha envergadura nos campos científico e social”. Para o futuro, garante a continuação do projeto de interiorização da UFRJ, com a unidade de enfermagem em Macaé, e do investimento em pesquisa. “Não obstante, tenho a consciência de que assumir esse desafio requer a condição de agregar qualidades intelectuais e humanas, dentre outras competências, tais como juízo critico, dedicação, criatividade, empreendedorismo e atitude ética. Essas qualidades espero conservar nestes quatro anos de gestão com a ajuda de Deus, do corpo social desta casa e dos dirigentes e parceiros dentro e fora da UFRJ”, discursou a professora.

Ao final da cerimônia, docentes, discentes e técnicos administrativos da EEAN homenagearam com flores as gestões anteriores e a que teve início neste ano.

Assista aqui ao vídeo produzido sobre a posse.