Categorias
Memória

Nova diretora aborda desafios da FACC

Durante a posse, nova diretora se comprometeu em buscar melhores condições para as atividades de ensino e pesquisa da unidade.

A professora Aracéli Cristina de Sousa Ferreira, doutora em Controladoria e Contabilidade, assumiu ontem, dia 20, o cargo de diretora da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis (FACC) da UFRJ. A vice-direção foi ocupada pelo professor José Roberto Dourado Mafra, doutor em Engenharia de Produção. A cerimônia de posse, realizada no salão Pedro Calmon do Fórum de Ciência e Cultura, no campus Praia Vermelha, teve a presença do reitor Aloisio Teixeira e do decano Alcino Ferreira Câmara Neto, do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE).

A diretora, que já ocupou o cargo entre 2001 e 2006, substitui o professor Samuel Cogan no comando da faculdade. Segundo Aracéli, um dos principais desafios da nova gestão é definir o papel institucional da FACC. “É tempo de buscar novos caminhos e novas responsabilidades com alegria e criatividade”, anunciou. Segundo ela, a transformação dependerá do trabalho coletivo de professores, alunos e funcionários técnico-administrativos. Aracéli também se comprometeu em buscar melhores condições para as atividades de ensino e pesquisa da unidade.

O decano Alcino Câmara manifestou total apoio do CCJE à nova gestão. Ele percebe a FACC como uma unidade em expansão, com novos projetos na área de pós-graduação, o fortalecimento da graduação em Biblioteconomia e parcerias com outras escolas.

O reitor Aloisio Teixeira, que presidiu a cerimônia de posse, disse esperar que “a data marque um novo começo na história da FACC”. Ao resgatar brevemente o histórico da unidade, afirmou que parte dos problemas teve origem na antiga Faculdade de Economia e Administração da UFRJ. Segundo ele, a evolução desse processo não foi favorável aos cursos de Administração e Ciências Contábeis. O maior desafio, concluiu o reitor, é estabelecer um verdadeiro projeto acadêmico para a FACC. “Esperamos que esse seja o momento inaugural dessa nova fase. Devemos olhar os problemas de frente para sustentar uma caminhada de longo prazo”, afirmou.