Categorias
Memória

Pesquisadora da UFRJ ganha bolsa internacional

Fernanda Guarino De Felice, do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, pesquisa os motivos que fazem com que o Mal de Alzheimer afete a memória.

A pesquisadora Fernanda Guarino De Felice, do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, recebeu uma bolsa-prêmio da Fundação Memorial John Simon Guggenheim, dos Estados Unidos. A professora, que é bolsista do programa Jovem Cientista do Nosso Estado da Faperj, é especialista na área de neurobiologia da doença de Alzheimer, atuando na busca por decifrar os motivos que fazem com que a doença afete a memória.

A pesquisadora fez parte de um seleto grupo de seis brasileiros que receberam o prêmio entre quase três mil candidatos do mundo inscritos em todas as áreas do saber e das artes. Foram no total 180 bolsas, sendo 33 da América Latina. As bolsas da Fundação Guggenheim são concedidas a pessoas que tenham demonstrado qualificação excepcional para produção acadêmica ou excepcional habilidade criativa nas artes.

Fernanda De Felice é graduada em Ciências Biológicas, pela UFRJ, tem mestrado e doutorado em Química Biológica também pela universidade, e  ainda pós-doutorado em Neurobiologia da Doença de Alzheimer pela Northwestern University dos Estados Unidos.