Categorias
Memória

Carnaval antecipado na Cidade Universitária

Carnaval: perspectivas plurais. Este é o tema do II Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Carnavalescos da UFRJ. O evento acontece nos dias 12 e 13 de novembro, no Salão Azul da Reitoria, das 10 às 17 horas.

 Carnaval: perspectivas plurais. Este é o tema do II Seminário do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Carnavalescos da UFRJ. O evento, que começou dia 12, acontece também em 13 de novembro, no Salão Azul da Reitoria, das 10 às 17 horas.

A conferência de abertura do encontro foi ministrada pela diretora de pesquisa da Casa de Rui Barbosa e presidente do Império Serrano, Raquel Valença. Na programação, estão previstas mesas redondas abordando diferentes temas relacionados ao carnaval, como economia, história, produção, culinária, mídia, pluralidade rítmica, entre outros, com a presença de professores da UFRJ e do carnavalesco Milton Cunha.

Segundo a coordenadora do Núcleo, professora Flora De Paoli, na mesa-redonda “O carnaval e as perspectivas midiáticas” será abordada as formas de divulgação do carnaval na contemporaneidade. Já na mesa “Cartografando o carnaval do Brasil” será exposto um inventário das manifestações carnavalescas pelo Brasil, sobretudo, Belo Horizonte, e o interior do Rio de Janeiro e de São Paulo. 

De acordo com também coordenador do Núcleo, professor Fred Góes, o carnaval é um elemento de identidade cultural e trazê-lo para dentro da universidade dá a ele o embasamento teórico de que necessita, além de promover a troca dos saberes entre o acadêmico e o popular.  “A figura do carnavalesco surgiu na EBA com a formação de importantes nomes como Fernando Pamplona e Rosa Magalhães”, explica.

O Núcleo
A proposta do Núcleo é trabalhar o carnaval através da perspectiva da interdisciplinaridade, reunindo diferentes pesquisadores do tema em diferentes áreas do saber. Atualmente, o núcleo é composto por professores do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais, Instituto de Economia, Escola de Belas Artes, Faculdade de Letras, Escola de Comunicação e Escola de Música.

Em 2007, o Núcleo foi convidado para dar a justificativa do enredo da Unidos da Tijuca.

Para o futuro, a intenção é criar um curso de Pós- graduação que integre os diferentes aspectos do carnaval e conjugue-os com diferentes áreas do saber, como já tem sido feito pelo Núcleo.

Confira abaixo a programação para o segundo dia de evento:

 

Dia 13

 

10h – 11h – “A fantasia do carnaval: do salão à avenida” 
Moderador: Profª. Claúdia Fátima Moraes Martins (UFRJ)
Prof.: Samuel Abrantes (UFRJ)
Prof.: Madson Oliveira (UFRJ)
Prof.: Suely Gerhardt (UFRJ)

11h30min – 12h45min – “Carnaval brasileiro e a pluralidade rítmica”
Moderador: Profª. Flora De Paoli (UFRJ)
Profª.: Regina Meirelles (UFRJ)
Alberto Mussa – escritor e compositor
Rosa Maria Araújo – presidente do Museu da Imagem e do Som

13h30min – 14h45min – “O carnaval e as perspectivas midiáticas”
Moderador: Profª. Martha Alkimin (UFRJ)
Haroldo Costa – membro do CEC e comentarista de carnaval
Eugênio Leal – radialista
Marcelo O’Reilly – membro do site Academia do Samba

15h15min – 16h30min – “O carnaval e as novas perspectivas educacionais: um atalho para a identidade brasileira”
Moderador: Prof. Luiz Edmundo Bouças Coutinho (UFRJ)
Profª.: Helenise Guimarães (UFRJ)
Profª.: Cristina Tranjan (UFRJ)
Prof.: Milton Cunha – carnavalesco da Cidade do Samba