Categorias
Memória

UFRJ em Pauta: a divulgação da universidade

A Assessoria de Imprensa da UFRJ lançou, no mês de setembro, um novo boletim para melhor estruturar a vinculação dos assuntos da universidade: o UFRJ em Pauta. Já na terceira edição, a publicação oferece aos jornalistas sugestões de pauta com textos de orientação, imagens e fontes diretas dos assuntos abordados, facilitando o diálogo entre a UFRJ e o resto do Brasil.

 A Assessoria de Imprensa, vinculada à Coordenadoria de Comunicação (CoordCOM) da UFRJ, lançou, no mês de setembro, um novo boletim eletrônico para melhor estruturar a veiculação dos assuntos da universidade: o UFRJ em Pauta. Já na terceira edição, a publicação oferece aos jornalistas sugestões de pauta com textos de orientação, imagens e fontes diretas dos assuntos abordados, facilitando o diálogo entre a UFRJ e a sociedade, via grande imprensa.

O mote do boletim é criar uma via de mão dupla entre a CoordCOM e a imprensa em geral, estendendo sua função, em vez de apenas responder às demandas externas a ela, passando, também, a propor sugestões de cobertura para os assuntos da UFRJ. “Percebemos que era preciso valorizar mais as notícias que divulgávamos e ‘garimpar’ cada vez mais assuntos da universidade para atrair a imprensa e sermos, de certa forma, mais pró-ativos”, afirma Fernando Pedro Lopes, um dos assessores de imprensa da Coordenadoria de Comunicação da UFRJ.

O UFRJ em Pauta trata assuntos diversos distribuídos em seis editorias. Em “Destaque”, há a seleção de assuntos considerados importantes e atrativos, que podem, inclusive, já terem sidos veiculados no Portal UFRJ ou nos demais boletins da CoordCOM – Olhar Virtual e Olhar Vital. Pautas interessantes são, assim, resgatadas e atualizadas para endossar a publicação. O “Roteiro Cultural” aborda temáticas como exposições e projetos teatrais, por exemplo, e acredita atrair a imprensa específica das editorias de cultura. “Publicações” é uma editoria que procura capitalizar lançamentos da Editora da UFRJ ou ainda promover livros de algum vínculo com professores e estudiosos da universidade.

Já “Cursos e Palestras”, como o nome revela, pretende divulgar eventos promovidos no âmbito universitário. Na segunda publicação do UFRJ em Pauta, por exemplo, foi veiculada a “XII Semana de Biologia da UFRJ” e a presença do ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, pelo notório interesse social e a atratividade à imprensa externa. Ainda existem as editorias “Registro” e “Serviços”. A primeira trata de assuntos de natureza institucional, mesmo assim, de interesse público. Já “Serviços” divulga atividades que a Universidade oferece à comunidade – como o tratamento gratuito para "vista cansada", a presbiopia, realizado pelo  setor de Oftalmologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) –, mostrando a preocupação da UFRJ com o atendimento social ao mesmo tempo em que há o compromisso com a prática, no exercício de formação profissional.

O novo boletim foi pensado por toda a equipe da Assessoria de Imprensa da CoordCOM-UFRJ e “já era um antigo projeto, arquitetado a partir da necessidade de condensar os releases – comunicados à imprensa, já endereçados aos jornalistas anteriormente – em um formato mais versátil, com trabalho de programação visual e com cara de UFRJ”, declara Fernando Pedro. O serviço de release, contudo, não foi abolido já que, algumas vezes, não se pode aguardar o fechamento do boletim para disparar à imprensa certas informações em caráter de urgência.

Questionado acerca de mudanças e melhorias a serem efetivadas no UFRJ em Pauta, Fernando Pedro afirma que o boletim ainda está em fase inicial; dessa forma, é difícil analisar possíveis erros, mas ressalta a superação de alguns vícios. Segundo ele, a publicação não peca em excessos: é sintética no que apresenta aos jornalistas, dando apenas um “molho” aos releases, agregando ilustrações e fotos. “Pode não parecer nada, mas se o jornalista puder avaliar a imagem do dinossauro, recomposta na Casa da Ciência, enxergará de maneira diferente ao invés de, simplesmente, descrever um estudo que conseguiu montar um dinossauro”, salienta Fernando. O jornalista, inclusive, pode acessar e capturar as imagens veiculadas no UFRJ em Pauta através do endereço www.imagem.ufrj.br.

Fernando Pedro, contudo, atenta para um descompasso para o qual a Assessoria de Imprensa da CoordCOM-UFRJ já busca aprimoramento. Já ocorreu de jornalistas se interessarem por determinados assuntos, mas não conseguirem contatar os especialistas indicados na publicação. “Estamos ligando para os professores, avisando que serão acionados pelos jornalistas e pedindo para que deixem o telefone ligado para permitir um canal livre com a imprensa. Caso contrário, há uma quebra no esquema: fazemos a divulgação, a imprensa se interessa, mas não consegue efetivar o contato”.

Por fim, Fernando declara já perceber alguns resultados em razão do UFRJ em Pauta – como, por exemplo, a grande procura pela professora Marta Negreiros, com a divulgação de seu trabalho “Música ajuda prematuros na amamentação”, desenvolvido na Maternidade Escola, veiculado no “Destaque” da primeira edição da publicação – e afirma acreditar na consolidação do boletim e do importante vínculo com a imprensa externa no exercício de divulgar a relevância da UFRJ.