Categorias
Memória

A universidade necessária: Programa de Reestruturação e Expansão da UFRJ

O reitor da Universidade, professor Aloísio Teixeira, apresentou nesta terça-feira (07/08), ao plenário da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), o Ante-projeto do Programa de Reestruturação e Expansão da UFRJ (2008-2012), que está em discussão na universidade, conforme cronograma aprovado pelo Conselho Universitário (Consuni) em sessão extraordinária de nove de julho de 2007.

O reitor da Universidade, professor Aloísio Teixeira, apresentou nesta terça-feira (03/08), ao plenário da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), o Ante-projeto do Programa de Reestruturação e Expansão da UFRJ (2008-2012), que está em discussão na universidade, conforme cronograma aprovado pelo Conselho Universitário (Consuni) em sessão extraordinária de nove de julho de 2007.

O cronograma aprovado estabelece:

  • Até 31 de julho – Apresentação pela Reitoria de um anteprojeto de Plano de Expansão e Reestruturação da UFRJ.
  • De 1º a 30 de agosto – Discussão ampla nas Unidades em processo organizado pelos Centros.
  • De 1º a 15 de setembro – Realização de três audiências públicas (Fundão, Praia Vermelha e Centro).
  • De 15 a 22 de setembro – Elaboração do Projeto de Plano de Expansão e Reestruturação da UFRJ, com base nas críticas e sugestões apresentadas ao longo do processo de discussão.
  • 27 de setembro – Discussão e deliberação no Consuni sobre o Plano de Expansão e Reestruturação da UFRJ. 

O conteúdo do programa vai além das orientações contidas no Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) e do Decreto  que institui Programas de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni). Dentre seus objetivos estão: unir a universidade e levá-la às transformações que a realidade objetiva demanda, renovando e fortalecendo os vínculos que a ligam à sociedade; expandir e reestruturar, com garantia de qualificação crescente das atividades de ensino de graduação e de pós-graduação, pesquisa e extensão, permitindo a difusão de uma cultura humanística e crítica; e retomar o projeto original de implantação da UFRJ no seu campus da Ilha da Cidade Universitária.

Unificar a UFRJ, num único campus, é um projeto bastante antigo que volta à discussão nessa segunda gestão do professor Aloísio. Segundo ele, – que em seu primeiro mandato criticou, ferrenhamente, a questão da fragmentação universitária – “mesmo em um mundo onde o conhecimento circula em redes virtuais e nos coloca instantaneamente em contato com tudo o que se passa no planeta, a convivência é indispensável para aproximar pessoas, eliminar barreiras e derrubar muros, criando a matéria-prima indispensável a uma verdadeira cultura universitária”.

Clique aqui para abrir o projeto na sua íntegraClique aqui e conheça o projeto apresentado na íntegra