Categorias
Memória

UFRJ é eleita a melhor universidade do Brasil 

Ranking Universitário Folha 2016 foi publicado nesta segunda, 19 de setembro

Ranking Universitário Folha 2016 foi publicado nesta segunda, 19 de setembro

A UFRJ foi eleita a melhor universidade do Brasil, segundo ranking publicado nesta segunda-feira, 19/9, pelo jornal Folha de São Paulo. O Ranking Universitário Folha (RUF) há cinco anos avalia pesquisa científica, qualidade do ensino, internacionalização, relação com o mercado de trabalho e inovação. A UFRJ obteve a pontuação mais alta entre as 195 instituições públicas e privadas analisadas. Para o jornal, os investimentos em pesquisas na área petrolífera e o ensino de qualidade foram fatores de peso para a boa avaliação da universidade carioca.

Segundo o reitor Roberto Leher, a tradição em diversas áreas de conhecimento é um dos fatores positivos. “Estamos fortemente vinculados a redes internacionais de pesquisa. Grandes físicos brasileiros passaram pela UFRJ, temos conhecimento acumulado em letras e literaturas. Vários membros da ABL foram professores daqui e temos uma tradição muito grande em estudos antropológicos”, avalia. 

De acordo com Leher, na área de pesquisa em energia, o Instituto Alberto Luiz Coimbra em Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe) foi responsável por um “trabalho visionário” nos anos 1960, em articulação com a Petrobras. Ele destaca, ainda, o protagonismo nacional da UFRJ em biociência, além das importantes contribuições na arte e na cultura. “Hoje, a Universidade é muito influente, das altas finanças às atividades nos movimentos sociais. A UFRJ é muito respeitada”, disse.

Orçamento ainda é ponto crítico

Apesar do resultado positivo, Leher destaca que a preocupação com o orçamento “cria um ponto de interrogação” para a Universidade. O reitor afirma que, somado aos cortes em investimentos e custeio nos últimos dois anos, “o modelo de financiamento que temos hoje para as universidades federais não consegue enxergar as demandas da UFRJ”, um desafio para sustentar pesquisas básicas e aplicadas nos hospitais ou para a manutenção de prédios tombados. As cinco melhores universidades da edição são públicas.

Atrás da UFRJ, na melhor colocação, estão USP, Unicamp, UFMG e UFRGS.