Categorias
Memória

Museu Nacional cria Mestrado Profissional em Linguística e Línguas Indígenas

A Capes aprovou o Curso de Mestrado Profissional em Linguística e Línguas Indígenas, do Setor de Linguística do Museu Nacional-UFRJ. O edital de seleção e o calendário do curso serão divulgados no segundo semestre de 2015.

A Capes aprovou o Curso de Mestrado Profissional em Linguística e Línguas Indígenas – PROFLLIND, do Setor de Linguística do Museu Nacional-UFRJ, o primeiro do Brasil. O edital de seleção e o calendário do curso serão divulgados no segundo semestre de 2015, no site do Museu Nacional.

O PROFLLIND é uma iniciativa pioneira no Brasil, por ser o primeiro curso de pós-graduação da área de Letras e Linguística a investir em um projeto de educação profissionalizante que inclui as línguas indígenas, respondendo a uma demanda crescente de profissionais que trabalham com a temática indígena.

O mestrado tem como objetivo preparar, para o exercício especializado, profissionais atuantes em saúde, educação e pesquisa em áreas indígenas, em locais com a presença indígena ou que, de alguma forma, estejam envolvidos com essa temática.

Segundo a professora Marília Facó Soares, coordenadora do programa, “o curso pretende alcançar aqueles que, no seu exercício profissional, necessitam dos aportes científicos e técnicos da Linguística, com vistas ao desenvolvimento de suas práticas e à transmissão de habilidades específicas em contextos de uso de línguas indígenas”.

Saiba mais sobre o PROFLLIND aqui.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Museu Nacional