Categorias
Memória

Resposta da UFRJ à matéria do Bom Dia Brasil, da TV Globo

Nota do reitor em resposta à matéria veiculada no Bom Dia Brasil, da TV Globo, que cita a UFRJ de ser a instituição com os maiores problemas na folha de pagamentos. 

Nota do reitor em resposta à matéria veiculada no Bom Dia Brasil, da TV Globo, sobre folha de pagamento. 

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO
 
Sobre as supostas irregularidades na folha de pagamento da UFRJ

Durante o dia de hoje foram veiculadas informações pela grande imprensa, que tratavam de “irregularidades” encontradas na folha de pagamento de pessoal de órgãos da Administração Federal, após processos de controle externo. A UFRJ foi citada como a instituição onde foram encontradas as maiores ocorrências entre aquelas que foram auditadas.

Sobre essa questão a Reitoria da UFRJ apresenta a seguinte manifestação:

1.      Inicialmente é importante registrar o posicionamento do Secretário Federal de Controle Interno, Sr. Francisco Eduardo de Holanda Bessa: “De maneira geral, o relatório não trata de fraudes. O trabalho detectou oportunidades de correção”;

2.      Na UFRJ foram identificadas 18.629 (dezoito mil seiscentos e vinte e nove) situações, sendo que desse total 18.278 (dezoito mil duzentos e setenta e oito) referem-se a lançamento de rubrica de pagamento no sistema de pessoal federal (SIAPE), a partir de decisão de origem judicial, que engloba esse total de servidores e que não se caracterizam, em qualquer hipótese, como pagamento irregular em folha de pessoal;
3.      Esses servidores estão cadastrados no Sistema Integrado de Cadastro de Ações Judiciais (SICAJ), do Governo Federal;

4.      Dos 351 (trezentos e cinquenta e um) restantes, 121 (cento e vinte e um) lançamentos tratam de registros cadastrais de pensionistas (endereço, nome, por exemplo) junto ao SIAPE, sem qualquer impacto financeiro sobre a folha de pagamento da UFRJ;

5.      Vale registrar que tanto sobre o primeiro exemplo quanto sobre o segundo, a UFRJ já adotou as providências que lhe cabem, para os devidos acertos junto ao sistema SIAPE;

6.      As 230 (duzentos e trinta) situações que completam o relatório de auditoria, e que tratam de questões menores, já foram enfrentadas pela UFRJ e adotadas as providências necessárias para seu acerto em folha de pagamento;

7.      A Reitoria da UFRJ entende que os processos de controle externo são essenciais para o funcionamento adequado das instituições públicas e disponibiliza sua estrutura administrativa para o atendimento de todas as demandas que lhe são apresentadas;

8.      Por fim, compreende também, que a liberdade de imprensa é um princípio fundamental de uma sociedade democrática, e reivindicamos sua defesa, mas não significa que setores da mídia estejam legitimados para avaliar, julgar, condenar ou mesmo promover, a priori, a execração pública de cidadãos ou instituições.

Rio de Janeiro, 15 de abril de 2015.
 
Carlos Levi
Reitor da UFRJ