Categorias
Memória

Direção provisória do campus Macaé foi anunciada durante evento

O reitor da UFRJ, Carlos Levi, anunciou a professora Elizabeth Accioly como responsável provisória pelo campus UFRJ – Macaé, em vista do pedido de exoneração da direção do campus, comunicado à Reitoria no dia 01/11.

Carlos Levi fez o anúncio durante abertura do 4º Macaenf

  

Teve início na manhã da última terça-feira, 05/11, o 4º Encontro de Enfermagem de Macaé e Região, evento promovido pelo curso de Enfermagem e Obstetrícia do Campus UFRJ-Macaé Professor Aloisio Teixeira e pela Fundação Educacional de Macaé (Funemac). A sessão de abertura foi realizada no Núcleo de Ecologia e Desenvolvimento Sócio-Ambiental de Macaé (Nupem/UFRJ) e contou com as presenças do reitor Carlos Levi e do prefeito do município, Aluízio dos Santos Júnior.

Logo no início do evento, Carlos Levi anunciou a professora Elizabeth Accioly como responsável provisória pelo campus UFRJ – Macaé, em vista do pedido de exoneração da direção do campus, comunicado à Reitoria na última sexta, 01/11.

Elizabeth, que atualmente é vice-superintendente de Atividades Fora da Sede, coordenará atividades administrativas e acadêmicas, enquanto o Conselho Deliberativo Provisório do campus estiver deliberando sobre normas e calendário eleitorais, que presidirão o processo de consulta à comunidade para indicação da próxima direção, informou Levi.

“Não há caminho fora da institucionalidade. A universidade tem caminhos institucionais, por isso é forte”, disse o reitor. Ao lado do prefeito, ele informou que a medida é temporária e que a UFRJ conta com o apoio da administração do município para continuar a realizar parcerias bem sucedidas na região.

Comemorando a realização de mais uma edição do evento, os organizadores e convidados concentraram suas falas no eixo temático deste ano, focado nas relações entre enfermagem, sustentabilidade e saúde.

Aluízio afirmou que a realização do Macaenf é um orgulho para o município. O prefeito disse que os atores sociais, não apenas os gestores públicos, devem entender as reivindicações que a sociedade tem feito por melhorias no serviço público. “Existe uma sociedade que precisa se encantar e cuidar”, afirmou, lembrando também sua formação como médico.

O pró-reitor de Pessoal, Roberto Gambine, criticou em sua fala a “lógica do negócio sobre o interesse público”, citando especificamente os casos na área de saúde. Em relação à escolha de uma nova direção para o campus UFRJ-Macaé, ele afirmou que a universidade sempre enfrentou com diálogo e debate suas questões.

Responsável pela implantação do curso de Enfermagem e Obstetrícia em Macaé, a professora Maria Antonieta Rubio Tyrrell, superintendente geral de Atividades Fora da Sede, afirmou que o Macaenf já se tornou uma tradição. Ela elogiou a atuação da professora Glaucia Valadares, coordenadora do curso no campus, e disse que a UFRJ vem trabalhando muito bem com a Secretaria de Saúde local.

O secretário de Saúde de Macaé, Flávio Antunes, e o subsecretário da pasta, Michel Haddad, reforçaram o apoio da gestão às ações de qualificação profissional no município. Presidente da Funemac, o professor Alexandre Azevedo disse que a UFRJ pode contar com apoio irrestrito da prefeitura.

A professora Tatiana Konno, que representou a Direção do Nupem, destacou a “formação de profissionais de alto nível” em Macaé. A mesa de abertura contou, ainda, com a participação da professora Marlea Chagas Moreira, representando a Escola de Enfermagem Anna Nery (EEAN/UFRJ), que completa 90 anos de atuação; da representante do Conselho Regional de Enfermagem, Lilian Berengui; e, representando o corpo discente do curso, a aluna Ana Caroline Braga.

Os participantes da mesa reforçaram o papel da enfermagem no cotidiano do atendimento em saúde e destacaram a importância do amor e da dedicação ao outro, nas rotinas da atividade.

Durante a cerimônia, três professores recém-contratados para o curso receberam boas-vindas. O professor Carlos Levi, o prefeito Aluízio dos Santos Júnior, a professora Maria Tyrrel e a diretora pro tempore do campus receberam da coordenadora do curso de Enfermagem e Obstetrícia a lâmpada símbolo da enfermagem moderna, que é inspirada no trabalho da enfermeira Florence Nightingale, referência na área.

Reunião com representantes do corpo social de Macaé

Após a abertura do 4º Macaenf, o reitor Carlos Levi reuniu-se com representantes do corpo docente, discente e técnico-administrativo da UFRJ em Macaé para esclarecer questões sobre a direção temporária do campus. No fim da tarde, Levi conversou, ainda, com representantes do curso de Engenharia, sobre demandas e atividades em andamento no campus. A coordenação do curso informou ao reitor que já planeja a criação de uma pós-graduação no campus.

Leia também:

Nota da Reitoria à Comunidade do campus UFRJ – Macaé Prof. Aloisio Teixeira