Categorias
Memória

Seminário debate papel dos colégios de aplicação

O papel dos colégios de aplicação nas universidades é o tema do tema do quinto “Seminário de Avaliação na Graduação”, que acontece nesta quarta-feira (12/6), às 10h, no Salão do Consuni.

O papel dos colégios de aplicação nas universidades será o tema do quinto “Seminário de Avaliação na Graduação”.

A palestra será ministrada pela professora Celina Maria de Souza Costa, diretora do Colégio de Aplicação da UFRJ, nesta quarta-feira (12/6), às 10h, no Salão do Consuni, no segundo andar do prédio da Reitoria − Av. Pedro Calmon, 550, Cidade Universitária.

A integração entre os cursos de Licenciatura e o CAP e a residência docente serão alguns dos assuntos abordados pela expositora.

Organizados pela Pró-Reitoria de Graduação (PR-1), os seminários têm como objetivo discutir as diversas formas de avaliação na UFRJ (externa e interna), os processos de ingresso, os colégios de aplicação nas universidades e a interiorização da universidade. 

O sexto e último seminário ocorrerá no dia 26 de junho, às 13h, no Auditório do Nupem, na  Avenida São José Barreto, 764, em Macaé. A palestra será feita pelo professor Francisco Esteves e abordará a implantação de novos campi e modelos de graduação.

Na primeira palestra, a expositora foi a professora Cláudia Maffini Griboski, diretora de Avaliação da Educação Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira  (Inep), que apresentou as diversas formas de avaliação externa dos cursos de graduação (Sinaes, Enade, Indicadores de Qualidades).

O segundo tema tratou da coleta e análise de dados para avaliação interna (Censo do Ensino Superior: e-MEC, Siga, Sibis, PingIFES, Seres e Sisu), com exposição da professora Doris Falkenstein.

Na sequência, a professora Loreine Hermida da Silva e Silva, pró-reitora de Graduação da Unirio, abordou o acompanhamento, a evasão e a retenção no ensino superior.

O quarto seminário, ministrado pela professora Angela Rocha dos Santos, pró-reitora de Graduação da UFRJ, foi sobre análise do sistema Enem/Sisu, cotas, TIM e TEE.