Categorias
Memória

UFRJ mantém sistema de acesso à graduação até 2014

A UFRJ continuará destinando 30% das vagas oferecidas em cada curso a candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas dos sistemas públicos de ensino e que apresentem renda familiar per capita de até um salário mínimo.

O Conselho Universitário da UFRJ (Consuni) decidiu manter exclusivamente a prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) e o Sistema de Seleção Unificado (SiSU) para o ingresso nos cursos de graduação da universidade, preservando o procedimento da etapa de Teste de Habilitação Específica (THE) para os cursos que o utilizam. O atual processo não sofrerá modificações nos próximos dois concursos.

A UFRJ continuará destinando 30% das vagas oferecidas em cada curso a candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas dos sistemas públicos de ensino e que apresentem renda familiar per capita de até um salário mínimo nacional vigente.

Em resolução divulgada nessa segunda-feira, 7 de maio, o reitor da UFRJ, Carlos Levi, esclarece que as políticas de apoio aos estudantes que ingressam através do sistema de cotas sociais não sofrerão alterações.

Confira a íntegra do documento.