Categorias
Memória

Orquestra da UFRJ tem primeiro regente técnico-administrativo

O músico Felipe Prazeres será o primeiro servidor técnico-administrativo a reger a Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFRJ. O acontecimento inédito será hoje, dia 17/11, às 18h30, no Salão Leopoldo Miguez, na Escola de Música.

O músico Felipe Prazeres será o primeiro servidor técnico-administrativo a reger a Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFRJ. O acontecimento inédito será hoje, dia 17/11, às 18h30, no Salão Leopoldo Miguez, na Escola de Música.

A apresentação, aberta ao público, faz parte do “Festival de Música Antiga”, em homenagem à música do século XVIII. O concerto será gravado como piloto para o novo projeto “Concertos Virtuais”, parceria entre a Escola de Música e a Coordenadoria de Comunicação (CoordCom) da Reitoria da UFRJ .


 

O regente
Felipe Prazeres, aos 34 anos, é violinista e ingressou na universidade há seis anos. Graduado  na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio) e pós-graduado na Academia Santa Úrsula, o músico agora estuda regência com o maestro Isaac Karabtchevsky, da Orquestra Sinfônica da Petrobras.