Categorias
Memória

Exposição apresenta obras inusitadas no EBA7

Está aberta desde o dia 3 de outubro a exposição “Modus Operandi”  no espaço EBA7, da Escola de Belas Artes da UFRJ. Fernando Pires, autor das obras,  mistura  pintura e escultura à simplicidade das formas geométricas usando matérias não convencionais.

Está aberta desde o dia 3 de outubro a exposição “Modus Operandi”  no espaço EBA7, da Escola de Belas Artes da UFRJ. Fernando Pires, autor das obras em exposição,  mistura  pintura e escultura à simplicidade das formas geométricas usando matérias não convencionais, como acontece com os quadros “Bem-vindo” e “Reflexo”, que são feitos em papel de aquarela sobre chassi de compensado.

Fernando, que estudou Desenho Industrial na EBA da UFRJ e já recebeu vários prêmios por suas esculturas, tem trabalhado com diversos materiais industriais, como papel cartão e papel pardo, placas de compensado, poliuretano rígido, veludo sintético, entre outros. Segundo Fernando,  a utilização desses materiais possibilita novos resultados em diversas formas de arte, dando ao homem liberdade para criar.

Isso faz parte de seu projeto atual no qual ele revive a expressão de Picasso – “tableau-object” – fazendo uma alusão às infinitas possibilidades que possui com as simples formas geométricas de suas colagens e os materiais usados, que investigados pelo próprio Fernando, revelam características como a maleabilidade e a leveza da espuma e as ondulações e a textura do papel corrugado.

A exposição “Modus Operandi”  ficará aberta até o dia 14 de outubro, de 9h às 17h. A entrada é franca, e a classificação é livre. O espaço EBA7 fica no 7º andar do prédio da Reitoria, na Cidade Universitária.