Categorias
Memória

Consuni discutirá reivindicações dos estudantes

O Conselho Universitário (Consuni) aprovou a realização de uma sessão extraordinária, na quinta-feira, 15/9, somente para deliberar acerca de reivindicações estudantis. Em pauta, estarão demandas como a construção de novos restaurantes universitários e o reajuste das bolsas de assistência estudantil.

Estudantes trazem reivindicações ao Consuni. Foto de Marco Fernandes.O Conselho Universitário (Consuni) aprovou a realização de uma sessão extraordinária, na quinta-feira, 15/9, somente para deliberar acerca de reivindicações estudantis. Em pauta, estarão demandas como a construção de novos restaurantes universitários e o reajuste das bolsas de assistência estudantil.

A reunião ordinária da última quinta-feira, 8 de setembro, foi interrompida, durante seu expediente, por uma manifestação discente. Os estudantes levaram ao Conselho uma série de reivindicações, dentre as quais a construção de restaurantes universitários que atendam às unidades acadêmicas localizadas no Centro e no campus da Praia Vermelha.

O reitor Carlos Levi esclareceu que muitas das medidas demandadas pelos alunos já estão sendo operacionalizadas pela Reitoria. “As obras do Complexo Residencial Universitário CT-CCMN estão em curso. A reforma do Alojamento começará em breve. O Restaurante Universitário CT-CCMN está em construção” – enumerou o reitor, que exortou os estudantes a reconhecer que houve avanços na universidade pública, em geral, e na UFRJ, em particular.

No que tange às bolsas de assistência estudantil, Levi ponderou que a universidade terá de enfrentar um dilema entre o aumento do seu número e o reajuste do valor das mesmas. “É uma questão que discutiremos com sensatez e critério”, enfatizou.

Marcelo Paixão. Foto de Marco Fernandes.Atendendo à proposta de Marcelo Paixão, representante dos professores adjuntos do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE), o Consuni aprovou a realização de uma sessão extraordinária, para que a deliberação acerca dos pleitos  dos estudantes seja feita com dados concretos e de maneira mais objetiva.

No bojo da discussão, os conselheiros aprovaram uma moção em defesa da proposta, defendida por estudantes de todo o país, de que o governo destine à Educação recursos que perfaçam 10% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

O Conselho aprovou ainda a concessão do título de Professor Emérito a Sergio Augusto Pereira Novis, professor titular aposentado do Instituto de Neurologia Deolindo Couto (INDC).