Categorias
Memória

Entulho do HUCFF começa a ser retirado em setembro

Foi realizado no dia 24 de agosto o leilão do entulho do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da UFRJ (HUCFF). Ganhou a licitação, organizada pela Pró-Reitoria de Gestão e Governança (PR-6), a empresa Britex Soluções Ambientais, com sede em São Paulo e escritório no Rio de Janeiro.

Foi realizado no dia 24 de agosto o leilão do entulho do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da UFRJ (HUCFF). Ganhou a licitação, organizada pela Pró-Reitoria de Gestão e Governança (PR-6), a empresa Britex Soluções Ambientais, com sede em São Paulo e escritório no Rio de Janeiro.

Segundo o vice-prefeito, Paulo Mario Ripper, o contrato ainda será assinado e a empresa terá seis meses para a retirada total do entulho. A técnica utilizada será a de beneficiamento, uma solução sustentável para o reaproveitamento de resíduos.  “Traremos para o Rio de Janeiro uma técnica que já é muito utilizada em São Paulo. Nada melhor do que a UFRJ para começar essa cultura na cidade”, explica o vice-prefeito, responsável pela comissão técnica do contrato.

Ao todo são 137 mil toneladas de concreto armado que serão reutilizados na construção civil da cidade. De acordo com Ripper, a empresa vencedora da licitação construirá uma mini-usina no local, na qual, o entulho vermelho (restos de tijolos, telhas, blocos cerâmicos e terra) se transforma em um agregado reciclado que pode ser utilizado como base e sub-base na pavimentação de ruas, por exemplo. Já o entulho cinza, composto por restos de concreto, vira areia reciclada (ideal para argamassa de assentamento) e pedra-brita de diversos tamanhos.  “O Hospital Universitário não será atingido. Fizemos um planejamento, a usina não irá atrapalhar em nada, nem com ruídos e nem com poeira”, explica o vice-prefeito.

O Hospital Universitário, localizado na Avenida Professor Rodolpho Paulo Rocco,  255, na Cidade Universitária, teve seus blocos AI, AII, B e, AIII (este, parcialmente, demolido de forma mecânica) implodidos em dezembro de 2010.