Categorias
Memória

Professores da UFRJ são agraciados com Prêmio Anísio Teixeira

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) comemorou 60 anos com a entrega do Prêmio Anísio Teixeira a pesquisadores e professores que contribuíram para o crescimento da educação e da ciência no Brasil. Dentre os homenageados, estavam o professor emérito Luiz Bevilacqua, e o professor titular Nelson Maculan Filho, da UFRJ.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Ministério da Educação, comemorou 60 anos na segunda-feira, 11/07, com a entrega do Prêmio Anísio Teixeira a pesquisadores e professores que contribuíram para o crescimento da educação e da ciência no Brasil. A solenidade ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença da presidente da República, Dilma Rousseff, e do ministro da Educação, Fernando Haddad.

Dentre os homenageados, estavam o professor emérito Luiz Bevilacqua, e o professor titular Nelson Maculan Filho, ambos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Bevilacqua já atuou como secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia, foi diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj), e diretor do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe) da UFRJ e das unidades de pesquisa do CNPq.

Nelson Maculan Filho ultrapassou a centena de trabalhos publicados, formou 150 mestres e 60 doutores e ocupou cargos de destaque na administração acadêmica, dentre eles, os de reitor da UFRJ e de secretário de educação superior do Ministério da Educação. Recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade de Paris 13 e a Medalha da Ordem Nacional do Mérito Científico. Atualmente é membro da Academia Brasileira de Ciências.

O Prêmio Anísio Teixeira foi instituído pelo Ministério da Educação em 1981, nas comemorações dos 30 anos de criação da Capes. A cada cinco anos, são homenageadas personalidades brasileiras com relevante contribuição para o desenvolvimento da pesquisa da pós-graduação no país. Patrono da educação Brasileira, Anísio Teixeira [1900-1971] dirigiu a Capes de 1951, ano de criação, até 1963.