Categorias
Memória

Exposição na Casa da Ciência é prorrogada

Sucesso de público, a exposição Sensações do Passado Geológico da Terra, apresentada pela Casa da Ciência da UFRJ, foi prorrogada até o dia 25 de setembro. A exposição já recebeu mais de 15 mil visitantes.

Sucesso de público, a exposição Sensações do Passado Geológico da Terra, apresentada pela Casa da Ciência da UFRJ, foi prorrogada até o dia 25 de setembro. A exposição, realizada em parceria com o Departamento de Geologia da UFRJ e com o patrocínio da Petrobras, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), já recebeu mais de 15 mil visitantes. Os horários de visitação são de terça a sexta-feira, das 9h às 20h. Aos sábados, domingos e feriados o horário é das 10h às 20h.

Instalações interativas espalhadas por sete diferentes ambientes, que representam grandes momentos de transformação do planeta, estimulam a participação do visitante e possibilitam uma experiência imersiva. Em um deles, uma animação simula um terremoto. Em outro, telas ativadas por sensor ilustram o surgimento do oxigênio. No laboratório sensorial, o Baurusuchus salgadoensis, espécie de crocodilo que viveu há 90 milhões de anos no Brasil, pode ser manipulado através da tecnologia da realidade aumentada, que mistura elementos do mundo real com o virtual.

O visitante é convidado a percorrer a exposição entrando em contato com sons, cores, texturas, sabores e aromas de diferentes momentos da história da Terra, partindo de um período anterior ao surgimento da vida. Pode sentir o cheiro de uma das primeiras flores a surgir no planeta – a magnólia – e tocar em rochas de bilhões de anos.

Pessoas com deficiência têm a possibilidade de explorar com autonomia os ambientes, compreendendo o que está sendo visto, tocado e sentido através de alguns recursos de acessibilidade: iPods, com o conteúdo em Libras, e textos em Braille. Também integra a exposição um vídeo bilíngue, editado a partir do Atlas Bilíngue, projeto do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES).

A Casa da Ciência fica na Rua Lauro Müller, 3 – Botafogo, Rio de Janeiro. A entrada é franca.