Categorias
Memória

Aprovadas normas provisórias para o campus de Macaé

O Conselho Universitário (Consuni) aprovou nesta quinta-feira, 12 de maio, um conjunto de normas provisórias para o funcionamento do campus de Macaé, tendo em vista que este não possui ainda um regimento e se fazia necessária a institucionalização de suas atividades.

Relator Ricardo BiccaO Conselho Universitário (Consuni) aprovou nesta quinta-feira, 12 de maio, um conjunto de normas provisórias para o funcionamento do campus de Macaé, tendo em vista que este não possui ainda um regimento e se fazia necessária a institucionalização de suas atividades.

Até a elaboração e aprovação do regimento definitivo, as instâncias de Direção, Coordenação e Deliberação do campus macaense serão exercidas pelo Comitê Assessor (CA); pelo  Conselho Deliberativo Provisório (CD) e pela Direção Geral Provisória (DG).

O Conselho Deliberativo Provisório, que será a sua principal instância de deliberação será composto pelo Diretor Geral Provisório; coordenadores dos cursos de graduação; coordenadores de pós-graduação; Coordenador de Pesquisa; Coordenador de Extensão; Coordenador Administrativo; prefeito do campus; professores titulares; dois representantes dos professores associados; dois representantes dos professores adjuntos; dois representantes dos professores assistentes e auxiliares; quatro representantes discentes, sendo três de graduação e um de pós-graduação; e quatro representantes do corpo técnico-administrativo.

Ao CD compete exercer a jurisdição superior do campus, bem como elaborar a proposta de regimento definitivo, que será encaminhada ao Consuni.

O Diretor Geral Provisório, os Coordenadores de Pesquisa, Extensão e Administração, e seus respectivos substitutos, serão nomeados pelo reitor, respeitando-se o processo de consulta à comunidade acadêmica, para um mandato de dois anos, renováveis por até dois períodos. O prefeito do campus será nomeado pelo reitor da UFRJ para um mandato de quatro anos.

Durante a sessão, os conselheiros aprovaram ainda o regimento do recém-criado Instituto de História, disciplinando as atividades gerais do Instituto, no plano pedagógico, de pesquisa, de extensão universitária e no plano administrativo.

Servidora Regina Célia Loureiro assume a PR-3
Regina Célia LoureiroA servidora técnico-administrativa Regina Célia Loureiro teve sua indicação aprovada pelo Conselho Universitário (Consuni) e assumirá a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento (PR-3), da qual era superintendente geral. Regina substitui o professor Carlos Levi, licenciado do cargo desde a consulta à comunidade acadêmica, na qual foi escolhido para ser o reitor da universidade no quadriênio 2011-2015.