Categorias
Memória

HUCFF amplia medidas de segurança em resposta a boatos

Por causa de boatos que correram pela Cidade Universitária, a Direção Geral do HUCFF emitiu nota oficial sobre as medidas de segurança.

Em virtude dos boatos referentes à segurança na Cidade Universitária especialmente em relação ao fechamento do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), o diretor da unidade, professor José Marcus Raso Eulálio, distribuiu informativo na terça-feira, dia 23 de novembro, e reiterou as informações sobre as medidas tomadas para proteção de funcionários e visitantes em nota oficial nesta quarta-feira, dia 24 de novembro. Entre as medidas estão o fechamento de acessos ao hospital e o aumento do contingente de vigilância interna e externa. Segue-se o teor da nota e do informativo.

Nota da direção do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho

O Hospital Universitário Clementino Fraga Filho / UFRJ está me processo de desativação para implosão de área jamais ocupada (ala Sul) em 19 de dezembro próximo. Este processo ocorre em momento delicado pelo qual passa a Cidade do Rio de Janeiro, diariamente noticiado em toda mídia.

É natural, portanto, que o temor que envolve toda a sociedade seja refletido, e em maior intensidade, no corpo social que trabalha e frequenta o HUCFF neste período.

É também compreensível que o temor gere atitudes não fundamentadas em fatos reais, o que de fato é o que verifica na grande maioria dos relatos pessoais – não oficiais – aos quais a mídia teve acesso.

Não obstante as verificações de furtos em áreas do Hospital, todas já devidamente comunicadas formalmente, a Direção do HUCFF, ciente e comprometida com a segurança pessoal e patrimonial no período de desativação do Hospital, e implosão de sua ala sul, tomou e divulgou as seguintes medidas:

  • Fechamento da maioria das Portarias de Acesso ao Hospital, com otimização do controle de entrada e saída de pessoas;
  • Implantação de medidas de rigor no tocante ao registro de visitantes e pacientes agendados para consultas;
  • Implantação de medidas para restrição da circulação interna no Hospital;
  • Aumento do contingente e das ações de vigilância interna e externa.

Prof. José Marcus Raso Eulálio
Diretor Geral HUCFF/UFRJ

Desativação do HUCFF
Informativo 23/11/2010
Segurança patrimonial

As seguintes medidas serão adotadas:
1.Portarias de acesso:
Pedestres somente poderão entrar no HUCFF pela Portaria Principal;
A entrada pelo estacionamento dos fundos, próxima à passarela da Linha Vermelha, será permitida somente a automotivos devidamente cadastrados ou veículos de fornecedores;
A portaria lateral (em frente ao IPPMG) e a entrada pelo Ambulatório serão fechados. Pacientes (previamente agendados) serão identificados mediante documento pelos funcionários do ambulatório na Portaria Principal e daí encaminhados.
2. Bloqueio de escadas:
As escadas das extremidades (“Posto A” e “Posto F”) serão fechadas à circulação. Das escadas “centrais” somente a escada que leva ao 13º andar estará liberada.
3.O HUCFF está aumentando o contingente e as ações de vigilância interna (DAG).
A Prefeitura da UFRJ, com atribuição para tal, está em contato com a Polícia Militar e a Polícia Federal para apoio à segurança.
4. NÃO DÊ OUVIDOS A BOATOS.
Contate sua Chefia imediata ou a Direção Geral.

Prof. José Marcus Raso Eulálio
Diretor Geral HUCFF/UFRJ