Categorias
Memória

Brasil e a crise internacional, segundo Conceição

A UFRJ realizou, na última sexta-feira (24/09), a conferência “Brasil e a crise internacional”, com professora emérita da universidade, Maria da Conceição Tavares, no Fórum de Ciência e Cultura (FCC), no campus da Praia Vermelha.

 A UFRJ realizou, na última sexta-feira (24/09), a conferência “Brasil e a crise internacional”, com a economista e professora emérita da universidade, Maria da Conceição Tavares, no Fórum de Ciência e Cultura (FCC), no campus da UFRJ na Praia Vermelha. O evento marcou também o lançamento do livro Leituras críticas sobre Maria da Conceição Tavares, organizado por Juarez Guimarães, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Portuguesa radicada no Brasil na década de 1950, Conceição já foi deputada federal pelo Estado do Rio de Janeiro e escreveu diversos livros sobre o desenvolvimento econômico, principalmente nos países periféricos. Durante o evento, a professora emérita do IE-UFRJ debateu temas como a dívida externa, desemprego e a atual crise econômica mundial. “A crise é a minha obsessão desde a década de 1970”, afirmou a economista.

Conceição demonstrou preocupação com o setor de importações brasileiro, pelo aumento drástico na área que foi aquecida pela forte demanda do mercado consumidor. Segundo a docente, “as importações cresceram em um ritmo mais acelerado do que as exportações, afetadas pelo ritmo mais lento da recuperação das principais economias mundiais”.

A economista também discutiu a educação brasileira, um dos desafios que o governo tem a enfrentar, incluindo o Programa Universidade para Todos (ProUni). “O mais difícil é a luta pela igualdade. Para nós, a Revolução Francesa ainda não acabou”, analisou.

Estiveram presentes ainda João Sabóia, diretor do IE- UFRJ; Luiz Carlos Prado, diretor-presidente do Centro Celso Furtado e professor do IE-UFRJ; e Maurício Lemos, diretor do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) e professor de Economia da UFMG, representando o professor Juarez Guimarães, que não pôde comparecer à conferência.  

Livro

O livro Leituras críticas sobre Maria da Conceição Tavares traz artigos de Maurício Lemos, do professor de Ciência Política da UFMG, Ricardo Bielschowsky, do sociólogo e atual presidente do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais (Clacso), Emir Sader, do professor de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), José Carlos de Souza Braga, além de uma entrevista com a própria Maria da Conceição Tavares.