Categorias
Memória

Encontro discute a literatura luso-afro-brasileira

Entre os dias 27 e 30 de setembro acontece o “II Congresso Internacional da Cátedra Jorge de Sena: A República das Letras e a República nas Letras”. O evento será dividido entre a Livraria da Travessa, em Ipanema, o Palácio de São Clemente, em Botafogo, e a Faculdade de Letras (FL-UFRJ), na Cidade Universitária.

Entre os dias 27 e 30 de setembro acontece o “II Congresso Internacional da Cátedra Jorge de Sena: A República das Letras e a República nas Letras”. O evento será dividido entre a Livraria da Travessa, em Ipanema, o Palácio de São Clemente, em Botafogo, e a Faculdade de Letras (FL-UFRJ), na Cidade Universitária.

A Cátedra, criada em 1999, é um ponto de convergência dos estudos da Literatura Luso-Afro-Brasileiros e promove, neste congresso, uma reunião de estudiosos sobre o tema. No primeiro dia, a Livraria da Travessa abriga o “Encontro com escritores brasileiros e portugueses”, com a presença de Helder Macedo, Ana Luísa Amaral, Antonio Cícero e Luis Ruffato, às 19 horas.

O segundo dia de evento acontece no Palácio São Clemente, no Consulado Geral de Portugal, em Botafogo, com a mesa “Homenagem: José Saramago entre nós”, às 16h30, e com leituras da obra do escritor português falecido em junho de 2010, às 18 horas.

A partir do dia 29, a FL cedia o Congresso, com a primeira mesa plenária às 9 horas. “Utopias Republicanas” terá a participação das professoras da UFRJ, Mônica Figueiredo e Luci Ruas, e de Helder Macedo, do King’s College, em Londres. A segunda mesa tem como tema “A Poesia e a República em Portugal”, com Jorge Fernandes da Silveira, da UFRJ, Ida Maria Ferreira Alves, da UFF, e Paula Morão, da Universidade de Lisboa, às 14 horas. Às 16 horas, acontece a terceira mesa plenária denominada “A República Portuguesa em África”, com Laura Padilha, da UFF, Carmen Tindó, da UFRJ, e Jane Tutikian, da UFRGS, seguido do lançamento de livros.

No último dia de evento, acontece o debate “A Poesia e a República no Brasil”, com Eucanaã Ferraz e Antonio Carlos Secchin, da UFRJ, às 9 horas, e “A Narrativa Pós -25 de abril”, com Maria de Fátima Marino, da Universidade do Porto, Maria Teresa Abelha Alves, da UFRJ, Silvio Renato Jorge e Dalva Falcão, da UFF.