Categorias
Memória

Acesso e permanência em pauta na Plenária de Decanos e Diretores

61ª Plenária de Decanos e Diretores debateu a proposta de ação provisória para garantir o acesso e permanência na universidade, em 2011, de alunos provenientes de famílias de baixa renda.

 

Na última segunda-feira, dia 26, a 61ª Plenária de Decanos e Diretores, realizada no Centro de Tecnologia (CT), debateu a proposta de ação provisória para garantir o acesso e permanência na universidade, em 2011, de alunos provenientes de famílias de baixa renda.

Laura Tavares, pró-reitora de Extensão (PR-5), iniciou o encontro com a apresentação de um panorama do Ensino Superior no Brasil e apontou como as demais universidades federais estão lidando com as novas formas de acesso.

A proposta de acesso e permanência apresentada pela Reitoria estabelece que 50% das vagas oferecidas em cada curso sejam preenchidas por candidatos selecionados pelo Enem através do Sistema de Seleção Unificada (SISU); destas, 20% serão destinadas àqueles cuja renda familiar per capita não exceda  a um salário mínimo (SM). As outras vagas deverão ser preenchidas por meio de concurso de acesso próprio. Não será cobrada taxa de inscrição para concorrer em qualquer uma das modalidades, mas o candidato deve estar inscrito para o Enem 2010.

A Reitoria pretende ainda disponibilizar cerca de mil netbooks, oferecer mil bolsas na modalidade de Acesso e Permanência e distribuir mil bilhetes únicos eletrônicos aos que ingressarem em 2011.

O apoio acadêmico aos novos alunos foi outra preocupação apontada durante a plenária. A ideia é que sejam oferecidas disciplinas introdutórias – como Português, Inglês, Cultura Brasileira, Computação, Matemática – aos ingressantes. Cogita-se também a criação de programas de bolsas de graduação (Monitoria), de pós-graduação (Tutoria) e para docentes orientadores dos estudantes envolvidos no processo de apoio acadêmico. A proposta inclui parcerias entre a UFRJ e as secretarias estadual e municipal de Educação do Rio de Janeiro, e com a Andifes.

No encontro, diversos professores opinaram sobre a proposta, apresentando argumentos favoráveis e contrários à medida. O documento será levado para deliberação pelo Conselho Universitário.

Durante a 61ª Plenária de Decanos e Diretores, foram assinados ainda os termos de posse de Walter Suemitsu como decano do Centro de Tecnologia, de Edmilson Porangaba como diretor da Faculdade de Odontologia, e Alexandre Brasil como diretor do Nutes.

Clique aqui e leia “Estatísticas da desigualdade”