Categorias
Memória

Homologada comissão que vai revisar Estatuto da UFRJ

O Conselho Universitário homologou as indicações feitas pelo reitor Aloisio Teixeira para a comissão que vai elaborar proposta de revisão para o Estatuto da UFRJ.

O Conselho Universitário (Consuni) homologou, na sessão da última quinta-feira, 22 de julho, as indicações feitas pelo reitor Aloisio Teixeira para a Comissão que elaborará uma proposta de revisão para o Estatuto da UFRJ.

A comissão será formada por sete membros, sendo cinco docentes: Ângela Rocha, Carlos Vainer, Marcello Corrêa e Castro, Ricardo Medronho e Vera Halfoun; além do estudante Rafael Nunes e da servidora técnico-administrativa Ana Maria Ribeiro.

Na mesma sessão, os conselheiros aprovaram as normas provisórias de funcionamento do Complexo Hospitalar (CH-UFRJ). A medida visa a agilizar o funcionamento do CH-UFRJ, que, em seis meses, deverá propor seu regimento definitivo. O texto foi aprovado com a ampliação da participação de servidores técnico-administrativos e estudantes face à proposta originalmente encaminhada ao Consuni no Conselho Deliberativo Provisório.

A composição da instância deliberativa superior do CH-UFRJ ficou da seguinte forma:

• O Coordenador Geral Provisório do CH-UFRJ;
• O Decano do Centro de Ciências da Saúde;
• Os Diretores das Unidades Hospitalares que integram o CH-UFRJ;
• Os Diretores das Unidades Acadêmicas ou Órgãos Suplementares da UFRJ que tenham atuação direta e permanente nas unidades componentes do CH-UFRJ;
• Dois representantes do corpo docente das Unidades Acadêmicas ou Órgãos Suplementares que tenham atuação direta e permanente nas unidades componentes do CH-UFRJ, eleitos por seus pares;
• Quatro representantes do corpo técnico-administrativo eleitos entre os servidores efetivamente lotados nas unidades componentes do CH-UFRJ, mediante eleição direta;
• Quatro representantes do corpo discente de cursos que tenham pelo menos 20% (vinte por cento) de sua carga horária em atividades realizadas nas dependências das unidades hospitalares, em processo organizado pelas respectivas entidades representativas. Essa composição incluirá representantes da graduação, pós-graduação e residência médica.

O Consuni aprovou ainda a concessão do título de Professor Emérito ao professor Willy Alvarenga Lacerda, um dos pioneiros do curso de Engenharia Civil da Coppe. De acordo com a professora Ângela Uller, mais do que uma referência na área em que atuava, Willy Lacerda é uma pessoa agregadora, que exerce liderança. Docente desde 1967, Lacerda publicou três livros e 20 artigos em revistas especializadas.