Categorias
Memória

Semana de aniversário da Escola de Música será dedicada à ópera

De 9 a 13 de agosto, a Escola de Música da UFRJ comemora 162 anos com semana dedicada a concertos no salão Leopoldo Miguez.

 De 9 a 13 de agosto, a Escola de Música (EM/UFRJ) comemora seus 162 anos e, para isso, promove uma semana dedicada a concertos de ópera no salão Leopoldo Miguez. A abertura está a cargo da soprano Maíra Lautert, terceiro lugar do Concurso Nacional de Canto Lírico/Ópera.

No dia 10, um octeto de sopro, coordenado pelo professor Aloysio Fagerland apresenta suítes a partir dos clássicos de Mozart, “Don Giovani” e “A Flauta Mágica”. Já no dia seguinte, o Trio Migone executa peças instrumentais de Mozart, Borne e Beethoven, a partir da obra de outros mestres.

No quarto dia de concertos, Veruschka Mainhard (soprano), Homero Velho (barítono) e Priscila Bomfim (piano) mostram árias e duetos selecionados pelo Departamento Vocal. No dia 13, fechando a semana, o conjunto instrumental formado por Eduardo Monteiro (flauta), Flávio Augusto (piano), Felipe Prazeres (violino), Ivan Zandonade (viola) e Mateus Ceccato (violoncelo), executa peças de Chopin, Carlos Gomes, Paul Taffanel e Henri Mouton, com base em temas de óperas e com trechos de “O barbeiro de Sevilha”.

Além das apresentações, a EM abriga em seu foyer, a exposição “Ópera em manuscrito”, preparada pela equipe da Biblioteca Alberto Nepomeceno (BAN), revela partituras de compositores brasileiros e estrangeiros, como Marcos Portugal, Bellini, Rossini e Alberto Nepomeceno. No hall, acontece o já tradicional programa das 12h30, com apresentações dos conjuntos da EM/UFRJ: a Orquestra Juvenil da EM, regida por Priscila Bomfim; o Coro Brasil Ensemble/UFRJ, da professora Maria José Chevitarese; o Grupo de Percussão da UFRJ, coordenado pelo professor Pedro Sá; o Quinteto Experimental de Sopros, coordenado por Aloysio Fagerlande, e o Grupo de Metais e Percussão por Dalmário Oliveira e David Alves. Para mais informações acesse o site da Escola de Música.