Categorias
Memória

Coral Infantil da UFRJ representa o Brasil nos 200 anos da Argentina

O Coral Infantil da UFRJ representará o Brasil, hoje (21/5), durante as comemorações oficiais do Bicentenário da Independência da Argentina em Buenos Aires.

O Coral Infantil da UFRJ representará o Brasil, hoje (21/5), durante as comemorações oficiais do Bicentenário da Independência da Argentina em Buenos Aires. Além de celebrar a data, o evento, que contará com a presença dos presidentes Cristina Kirchner e Lula, pretende reafirmar os laços de amizade, cultura e integração entre Brasil e Argentina.

“Trenzinho Caipira”, de Villa-Lobos, e “El Sombrerito Lasala”, peça do folclore argentino, serão algumas das canções interpretadas pelo grupo de canto brasileiro, em parceria com o Coro Nacional de Niños, renomado coral argentino formado por crianças, no Salão Dourado do Museu Nacional de Arte Decorativa e Arte Oriental, também conhecido como Palácio Errázuriz.

Os corais serão acompanhados pelo violinista brasileiro Sebastião Tapajós e Horacio Romo, acordeonista da Orquestra Nacional do Tango. Também serão realizadas demonstrações de danças tradicionais do país vizinho pelo Ballet Folclórico Nacional da Argentina.

Histórico

O Coral Infantil da UFRJ, criado em 1989, pela Maestrina Maria José Chevitarese, é hoje um grupo consolidado, desenvolvendo trabalho de excelência de nível internacional. Composto por 40 crianças, com idade entre sete e quinze anos, o coral tem sido um celeiro de descoberta e aprimoramento técnico de grandes talentos. Com mais de 300 apresentações em seu curriculum, o conjunto já cantou junto às Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Orquestra Pró-Música Petrobrás, Orquestra Jovem Pró-Música Petrobrás, Orquestra Sinfônica Nacional, Orquestra Sinfônica Brasileira e Orquestra Sinfônica da UFRJ, sob regência de maestros brasileiros e estrangeiros. O grupo vem atuando intensamente desde 1993, em montagens profissionais de óperas e concertos sinfônicos no Centro Cultural do Banco do Brasil, Sala Cecília Meireles e Theatro Municipal do Rio de Janeiro.