Categorias
Memória

Atendimento gratuito contra a dor de cabeça no Instituto de Neurologia da UFRJ

Na próxima sexta-feira chega ao Instituto Deolindo Couto o mutirão da dor de cabeça para prestar atendimento gratuito a pacientes que sofrem do mal crônico.

 

O mutirão da dor de cabeça chega ao Instituto Deolindo Couto (INDC-UFRJ) na próxima sexta-feira (28/05) para prestar atendimento gratuito a pacientes que sofrem do mal crônico. O objetivo do projeto é auxiliar aqueles que lutam  há anos contra a dor e ainda não encontraram tratamento eficaz. O mutirão é organizado pela Sociedade Brasileira de Cefaleia em conjunto com a Academia Brasileira de Neurologia.

A Sociedade Brasileira de Cefaleia afirma ainda que a prevalência da queixa de dor de cabeça, ao longo da vida, seja de 93% nos homens e 99% nas mulheres e que 76% do sexo feminino e 57% do masculino tenham pelo menos um episódio de dor de cabeça por mês. Quando o problema é a enxaqueca (que é um tipo específico de dor de cabeça), a prevalência geral ao longo da vida é de aproximadamente 12% (18% entre as mulheres, 6% nos homens e 4% nas crianças). Com isso, a dor de cabeça acaba sendo  um dos problemas mais comuns e que mais promovem automedicação.

O Instituto Deolindo Couto fica na Avenida Venceslau Bras, 95, Botafogo, e o mutirão acontece das 8h às 13h. Para outras informações entrar em contato pelo  telefone: (21) 2295-9794.