Categorias
Memória

Debate sobre o Haiti e sequelas das chuvas com a presença de Gabeira

Nesta sexta-feira (16/4), as tragédias que afetaram o Haiti e o Rio estão em evidência na série de debates que ocorrem no Centro de Tecnologia, na Faculdade de Letras e no campus da Praia Vermelha.

 

 

 

Um grupo de estudiosos, dentre eles o deputado federal Fernando Gabeira, se reunirá no auditório do Bloco A do Centro de Tecnologia (CT) nesta sexta-feira, dia 16, para debater sobre a questão do Haiti e as tragédias que afetaram o Rio de Janeiro na semana passada. Estarão presentes também o sindicalista haitiano do movimento Batalha Operária, Didier Dominique, o professor do laboratório de Geo-hidroecologia da UFRJ, André Avelar, e o jornalista do jornal A Verdade, Luiz Falcão. O debate começará às 9h.

Os mesmos temas serão abordados simultaneamente em debates na Faculdade de Letras, que receberá o diplomata brasileiro André Costa e o ativista Frank, da Conlutas, e na Praia Vermelha, que receberá Eduardo Almeida, do jornal Opinião Socialista.

Após o debate está prevista uma campanha de solidariedade que buscará doações para o Haiti e para as vítimas das chuvas que abalaram o Rio de Janeiro. Alimentos não-perecíveis, enlatados, água mineral, leite em pó, medicamentos, artigos de primeiros socorros, colchões e agasalhos estão entre os itens desejáveis. Os postos de recolhimento são:
 
Camma – Ifcs-UFRJ (Largo São Francisco, Centro)

Caco – FND-UFRJ (Campo de Santana, Largo do Caco)
DCE (P.V.) – UFRJ (Praia Vermelha, Urca)

Caeng/Daeq – CT-UFRJ (Fundão)
Letras – (Fundão)

Caeba – Prédio da Reitoria (Fundão)

Cacc – CCS-UFRJ (Fundão)

Cacond – Hospital Universitário (Fundão)
Bandejão Central da UFRJ

Grêmio CAP – Lagoa Rodrigo de Freitas, ao lado do Hospital da Lagoa

Ainda visando a arrecadar fundos para a campanha, haverá uma festa atrás do prédio da Letras, às 16h30 do mesmo dia (16/04). O evento será animado por apresentações do bloco Butano na Bureta do IFRJ e das baterias da Medicina e do Direito da UFRJ. A entrada é franca e a verba arrecadada com a venda de bebidas será usada para ajudar as vítimas do Rio e do Haiti.