Categorias
Memória

Edição de março do Jornal da UFRJ já está na internet

Na entrevista do mês, Adilson de Oliveira, diretor-geral do Colégio Brasileiro de Altos Estudos da UFRJ, fala sobre a necessidade de se superar o modelo produtivo atual baseado em combustíveis fósseis.

Já está disponível a edição 51 do Jornal da UFRJ. Extraodinariamente trimestral, em função do período de férias da graduação, o número que corresponde aos meses de janeiro, fevereiro e março de 2010 apresenta uma entrevista com Adilson de Oliveira, diretor-geral do Colégio Brasileiro de Altos Estudos da UFRJ, sobre a necessidade de se superar o modelo produtivo atual baseado em combustíveis fósseis.

De acordo com o professor titular da UFRJ,o petróleo continuará ocupando, nas próximas décadas, papel central na economia mundial, mas ele afirma que é preciso buscar alternativas, além de destacar que o Brasil deve investir maciçamente em educação a fim de superar o modelo de produção baseado em baixo conteúdo tecnológico e alto consumo energético. “Não se cria tecnologia com pessoas que não sabem ler nem fazer conta”, argumenta Oliveira.

O periódico faz também uma retrospectiva dos avanços obtidos pelas mulheres no último século. A reportagem destaca que as desigualdades ainda persistem e aponta a necessidade de adoção de políticas públicas para a promoção da igulaldade entre gêneros.

O projeto da Comissão Nacional da Verdade é outro assunto explorado na edição de número 51. Pesquisadoras da UFRJ criticam a tentativa de igualar atos praticados pelos opositores do regime militar às práticas de torturas e mortes cometidas pelos agentes do Estado, entre 1964 e 1985.

Especialistas se preocupam também com o desafio de garantir um amplo legado socioesportivo após a realização dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O desejo oficial é seguir o modelo de Barcelona, cidade espanhola que abrigou os Jogos, em 1992, mas a recente exsperiência do Pan-Americano ocorrido em 2007 deixa dúvidas quanto às transformações urbanas. 

A edição 51 do Jornal da UFRJ pode ser acessada através do Portal da UFRJ.