Categorias
Memória

Coppe e Escola Politécnica assinam acordo de ajuda ao Haiti

Parceria entre a Escola Polítécnica, Coppe  e  Usiminas vai testar o sistema de construção de prédios e casas criado pela empresa mineira.

Nesta quinta, dia 11, o Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa em Engenharia (Coppe) da UFRJ e a Usinas Siderúrgicas de Minas Gerais S/A (Usiminas) firmam acordo de ajuda ao Haiti. A assinatura acontece às 9h, no auditório da Coppe, localizado na sala 122, no bloco G, do Centro de Tecnologia (CT).

A ideia é verificar se o sistema de construção de prédios e casas criado pela Usiminas poderá ser utilizado em locais que sofrem abalos sísmicos. Se o resultado for positivo, o sistema, que reduz a um terço o tempo de edificação, poderá ajudar no processo de reconstrução daquele país.

A assinatura desse acordo marca o início de um projeto de aproximação da Usiminas com a Coppe e a UFRJ, que será consolidado com a implantação de um centro de pesquisa da empresa no Parque Tecnológico da Cidade Universitária.

A siderúrgica pretende investir R$ 28,9 milhões em pesquisa e inovação durante o ano de 2010, cerca de 50% a mais que em 2009. A maior parte desse investimento será direcionada a estudos voltados ao desenvolvimento e à fabricação de aços com maior valor agregado, para uso em setores que demandam materiais com requisitos de desempenho mais restritivos.