Categorias
Memória

Bolsas para mestrandos e doutorandos

Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento oferece benefícios. Inscrições vão até 31 de janeiro.

O Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento está oferecendo sete bolsas de auxílio para conclusão de dissertação de mestrado e tese de doutorado. São cinco oportunidades para futuros mestres e duas para doutorandos. As inscrições vão até 31 de janeiro de 2010. Os contemplados começam a receber o benefício em março.

Estão aptos a receber o auxílio os candidatos que possuírem projeto de pesquisa que trate dos seguintes temas: Agricultura, Recursos Naturais e Desenvolvimento Econômico; Aspectos políticos e institucionais do desenvolvimento; Desenvolvimento e mudança estrutural; Desenvolvimento local e regional no Nordeste; Desenvolvimento, política industrial e inovações tecnológicas; Emprego, distribuição de renda e pobreza; Financiamento do desenvolvimento; Integração regional e desenvolvimento econômico; O pensamento de Celso Furtado; Restrição externa, crescimento e inflação; e Teorias do desenvolvimento econômico.

Os solicitantes devem estar regularmente matriculados em programas de pós-graduação stricto sensu de instituições de ensino superior brasileiras reconhecidas pelo MEC e avaliadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O auxílio para alunos de mestrado – R$ 1.200 mensais – tem duração de, no máximo, um ano e destina-se àqueles matriculados no segundo ano do curso.

Já o benefício aos doutorandos – com duração de um ano, com possibilidade de prorrogação – é voltado para os candidatos  que estiverem matriculados no terceiro ou quarto ano do curso. A bolsa é de R$ 2.278,20 mensais.

Inscrições e mais detalhes estão no site do Centro Celso Furtado. O Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento fica na Avenida República do Chile, 100, subsolo 1, salas 15-17, Centro do Rio. Outras informações também pelos telefones 2172-6312 ou 2172-6313.