Categorias
Memória

CPT encena Nelson Rodrigues

Centro de Produção Teatral da Escola de Belas-Artes realiza montagem do último texto do anjo pornográfico. Espetáculo inaugura o Estúdio CPT.

 O Centro de Produção Teatral da Escola de Belas-Artes (EBA/UFRJ) encena, nos dias 10, 11 e 12 de novembro, às 16h, a peça “A serpente”, último texto teatral de Nelson Rodrigues. As apresentações inauguram o Estúdio do Centro de Produção Teatral (CPT), localizado no sétimo andar do Prédio da Reitoria. Além das apresentações na universidade, o grupo teatral, formado por alunos da UFRJ, leva o espetáculo para os municípios de Itaguaí e Duque de Caxias, através da participação no projeto "Novas Cenas", da Secretaria Estadual de Cultura.

O CPT é uma criação do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Artes Cênicas(NEPAD) da EBA. A inauguração ocorreu no ano passado com o evento "Plínio Marcos na EBA", que contou com apresentação de vídeo, debate e encenação da peça “Quando as máquinas param”.

Este ano, o CPT já promoveu uma série de palestras com atores e diretores cujas carreiras estão ligadas ao teatro de Nelson Rodrigues. O espetáculo será dirigido por Antonio Guedes, que, em 1998, dirigiu a montagem do mesmo texto no Teatro do Pequeno Gesto. Na ocasião, a montagem foi indicada a três prêmios Shell, incluindo a categoria "Direção".

No texto, estão presentes os tradicionais elementos da dramaturgia rodrigueana: amor, sexo, traição e morte. A trama tem início quando Guida oferece o marido à sua própria irmã, que ainda não havia consumado o casamento. O gesto desperta um feroz sentimento de ciúmes entre elas, atiçado por paixões desenfreadas.

A peça tem duração de 50 minutos. O Estúdio CPT tem capacidade para receber 40 pessoas. A entrada é gratuita, com classificação indicativa de 14 anos.