Categorias
Memória

Cidade Universitária: Saudável e Esportiva

Representantes da Escola de Educação Física e Desportos apresentam o Centro Integrado de Atividade Física (Ciaf).

 A V Oficina Temática do Plano Diretor UFRJ 2020 foi realizada, nesta quarta, dia 26, no auditório Hélio Fraga do Centro de Ciências da Saúde (CCS). Com o tema Cidade Saudável e Esportiva, o evento contou com a presença do professor Armando Oliveira, coordenador de Extensão da Escola de Educação Física e Desportos (EEFD).

O docente foi o responsável pela apresentação do Complexo Integrado de Atividade Física (Ciaf), cujo projeto abarcaria estádio de atletismo, parque aquático, ginásio poliesportivo, ginásio de atividades múltiplas, arena de lutas e o Laboratório do Ser Humano em Movimento. O Ciaf se articularia com a demanda da cidade por equipamentos esportivos, tendo em vista as competições que serão sediadas no Rio de Janeiro nos próximos anos: Jogos Mundiais Militares (2011), Copa das Confederações (2013), Copa do Mundo (2014), além da possível indicação da cidade para sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Entre os eixos propostos pelo Comitê Técnico do Plano Diretor (CTPD), Armando destacou a necessidade de descentralização do acesso ao esporte e lazer; a prática de esporte como desenvolvimento humano; a realização de programas e projetos interdisciplinares e a prática desde o esporte-cidadão até o de alto rendimento. Além do Ciaf, o Plano Diretor prevê para a estrutura esportiva da Cidade Universitária diversos equipamentos e instalações, como o Parque da Orla – projeto de revitalização da área de entorno da Cidade Universitária, com instalação de equipamentos de esporte e lazer –
e a recapacitação da EEFD, que prevê melhoria das estruturas da unidade.

Para Edmundo Novaes, coordenador do programa de Saúde da Pró-Reitoria de Pessoal (PR4), o desafio é criar o hábito da prática regular de atividade física, para que esta possa exercer sua função de educação para a saúde e prevenção de enfermidades.  Para Novaes, o Plano também precisa conceber a atenção à qualidade de vida de docentes, funcionários e estudantes e elogiou o compromisso de integração com as comunidades vizinhas, sobretudo da Ilha do Governador e do Complexo da Maré. De forma geral, o Plano Diretor atende às diretrizes internacionais para a oferta de prática esportiva.