Categorias
Memória

Embaixador do Irã propõe convênio com a UFRJ

Segundo o diplomata, "encontro dá início às relações interculturais entre dois dos mais importantes países do novo mundo".

 Nesta quarta, dia 12, o reitor Aloisio Teixeira e o coordenador do Setor de Convênios e Relações Internacionais (SCRI-UFRJ), Geraldo Nunes, receberam o embaixador da República Islâmica do Irã no Brasil, Mohsen Shaterzadeh, e o chefe do Setor de Economia e Comércio, Esmaeil Razaghi, para propor um novo convênio internacional.
 
Durante o encontro, os representantes daquele país fizeram apresentações sobre sua capacidade econômica, apresentaram projetos já existentes pelo mundo, pesquisas em nanotecnologia, medicina veterinária, além dos resultados obtidos no ramo petrolífero. Em seguida, foi a vez de a UFRJ mostrar aos visitantes sua estrutura, explicando como funcionam os centros universitários, parcerias e relação com a comunidade.
 
Após as exposições, o embaixador convidou o professor Aloisio para uma visita ao Irã. “Será um prazer recebê-los. Teerã é uma das cidades mais belas do mundo e os senhores terão a oportunidade de conhecer uma civilização milenar.” Shaterzadeh disse ainda que “este encontro dá inicio às relações interculturais entre dois dos mais importantes países do novo mundo, um do leste e outro do oeste”.
 
O próximo passo agora é o contato com as universidades iranianas, que será feito pelo próprio embaixador. “Tudo indica que os alunos da UFRJ poderão
usufruir do novo convênio já no próximo ano”, afirmou Geraldo Nunes.