Categorias
Memória

Projeto Praça Onze: mais esclarecimentos

O professor Mauro Schechter, coordenador do projeto Praça Onze, declara que não há documentação de que qualquer prestação de contas feita por ele à FUJB tenha sido recusada.

O professor Mauro Schechter, coordenador do conjunto de projetos e atividades conhecido como PROJETO PRAÇA ONZE,  encaminhou ao reitor Aloísio Teixeira declarações sobre a nota "Esclarecimentos ao Conselho Universitário", levada pelo Reitor ao Conselho Universitário e divulgada na página eletrônica da UFRJ no último dia 09 de julho.

Em suas declarações, o professor Mauro Schechter afirma que o Projeto Praça Onze não tem existência formal, sendo apenas o nome fantasia pelo qual é conhecido o conjunto de atividades de ensino, pesquisa e assistência coordenado por ele. Conforme o coordenador, as atividades do Projeto são mantidas com recursos captados por ele, em nome da UFRJ, junto a agências de fomento. A gestão administrativa e financeira desses recursos é feita pela Fundação Universitária José Bonifácio (FUJB), de acordo com os termos do convênio UFRJ-FUJB. O professor declara ainda que, até o momento, não há documentação de que qualquer prestação de contas feita por ele à FUJB tenha sido recusada. Tampouco há, afirma, qualquer documento referente a uma recusa sua de atendimento a determinações administrativas feitas pela FUJB.

Registra, finalmente, o coordenador do Projeto Praça Onze que, em 08.07.2009, o reitor determinou a instalação de uma comissão de sindicância, conforme solicitação feita por ele, Mauro Schechter, em 2007, e conforme recomendado pela Procuradoria Federal da UFRJ em junho de 2009.

Sobre o assunto, o reitor Aloísio Teixeira declara que as recentes decisões tomadas pela reitoria da UFRJ em nada afetam a posição e as atribuições do professor Mauro Schechter no Projeto Praça Onze; e que, portanto, ele continua sendo o investigador principal, responsável pelos aspectos técnicos e científicos do Projeto. O reitor da UFRJ afirma, ainda, que o acordo firmado em janeiro de 2009 entre FUJB e Projeto Praça Onze, na presença do diretor do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), será mantido. Assim, até que se concluam as apurações em curso e se possa ter uma avaliação da real situação financeira do Projeto, continuarão a ser repassados os recursos necessários para que o Projeto Praça Onze possa cumprir plenamente com os seus compromissos.

Clique aqui para ler a nota do reitor Aloisio Teixeira na íntegra.